• Sugestões de Melhoria e Reclamações

    Na Universidade de Coimbra, a sua opinião conta.

    Por isso criámos o Sistema Integrado de Melhorias: um canal aberto para a apresentação de sugestões de melhoria ou reclamações, possibilitando assim que o possamos servir cada vez melhor.

    Para manifestar a sua opinião específica sobre a página web UC.PT, clique aqui.

    Obrigada.
    Universidade de Coimbra

    Imagem de teste reCAPTCHA
    Captcha incorrecto.
    Escreva as palavras acima: Escreva os números que ouve:

Coleções - Legislação - Assembleia de Tancos afasta Vasco Gonçalves (Comunicado -5/9/75)

ASSEMBLEIA DE TANCOS 
AFASTA VASCO GONÇALVES

(COMUNICADO - 5/9/75)


Em 5 de Setembro de 1975, reuniu na Escola Prática de Engenharia, em Tancos, a Assembleia do MFA, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Informação sobre o processo de descolonização em Angola e Timor;
2. Aprovação de normas regimentais;
3. Reestruturação do Conselho da Revolução.

Foi feita uma exposição pelos representantes de Timor e Angola, sobre a situação nos respectivos territórios. O sr. Presidente da República fez um breve comentário à situação nos territórios citados, assim como sobre a situação político-militar nacional. Exortou, por fim, as Forças Armadas a unirem-se em torno das medidas que irão ser tomadas, para a resolução dos problemas apontados, especialmente nos ligados à descolonização. O sr. almirante Pinheiro de Azevedo, primeiro-ministro indigitado, relatou a situação no que toca ao estado actual dos contactos para a formação do Governo. O sr. general Vasco Gonçalves fez a exposição dos seus pontos de vista sobre a actual crise político-militar, tendo no final declinado o lugar de chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, após, o que se retirou. Os chefes de Estado-Maior do Exército e Força Aérea explicaram as razões que levaram a não haver presença de delegados dos respectivos ramos e a quem representavam. Procedeu-se em seguida à discussão sobre a reestruturação do Conselho da Revolução, tendo os três chefes de Estado-Maior apresentado os resultados das votações dos ramos. Assim, os membros indicados pelos três ramos das Forças Armadas, e que constituem actualmente o Conselho da Revolução, são:
- Sua Ex.a o Presidente da República, general Francisco da Costa Gomes; pelo Exército: general Carlos Alberto Soares Fabião, general Otelo Saraiva de Carvalho, general Duarte Nuno Pinto Soares, brigadeiro Manuel Franco Charais, brigadeiro Pedro JúlioPezarat Correia, capitão Vasco Correia Lourenço, capitão Rodrigo Manuel Sousa e Castro, capitão António Alves Marques Júnior; pela Armada: vice-almirante José Pinheiro de Azevedo, vice-almirante António Alva Rosa Coutinho, capitão-de-mar-e-guerra Ramiro Pedroso Correia, capitão-de-fragata Manuel Baião Martins Guerreiro, capitão-tenente Carlos de Almada Contreiras, primeiro-tenente José Manuel Miguel Judas; pela Força Aérea: general José Alberto Morais e Silva, general Aníbal José Pinho Freire, major José Bernardo do Canto e Castro, major José Manuel da Costa Neves, major José Gabriel Coutinho Pereira Pinto, capitão Vítor Manuel Graça e Cunha.
Foi decidido que o actual Conselho da Revolução procederá com urgência à sua reestruturação, a qual será apresentada à próxima Assembleia do MFA.
O caso dos majores Vítor Alves, Melo Antunes e Costa Martins, com relação à sua posição no Conselho da Revolução será estudado pelo próprio Conselho.
O ponto dois da ordem de trabalhos, que se referia às normas regimentais da Assembleia do MFA, não foi discutido e foi remetido, para estudo, ao Conselho da Revolução. Pelo primeiro-sargento Gil, do Exército, foi entregue à Assembleia um sabre de honra, que lhe foi entregue, para o MFA, pelas Forças Armadas da Hungria, durante a recente visita que fez àquele país. A Assembleia decidiu entregar o sabre ao Museu Militar.

 

Topo da página
Centro de Documentação 25 de Abril © 2017
Suporte: ucd25a@ci.uc.pt ; Sugestões: Formulário
www.cd25a.uc.pt
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional