• Sugestões de Melhoria e Reclamações

    Na Universidade de Coimbra, a sua opinião conta.

    Por isso criámos o Sistema Integrado de Melhorias: um canal aberto para a apresentação de sugestões de melhoria ou reclamações, possibilitando assim que o possamos servir cada vez melhor.

    Para manifestar a sua opinião específica sobre a página web UC.PT, clique aqui.

    Obrigada.
    Universidade de Coimbra

    Imagem de teste reCAPTCHA
    Captcha incorrecto.
    Escreva as palavras acima: Escreva os números que ouve:

Espólio de Alexandre José Alhinho Martins Oliveira

I N V E N T Á R I O   D E   E S P Ó L I O

Alexandre José Alhinho Martins Oliveira

 

Notas biográficas


Alexandre José Alhinho Martins de Oliveira, activista estudantil nos anos 60, militante antifascista ligado à extrema-esquerda e jornalista de profissão, esteve preso nas cadeias de Caxias e Peniche entre Janeiro de 1968 e Abril de 1971. Destacou-se como jornalista em vários órgãos de comunicação: Associated Press, “Diário de Lisboa”, “República”, “Jornal do Comércio”, “Libération” e ANOP. Morreu prematuramente aos 33 anos em 10 de Agosto de 1979.
Alexandre Oliveira nasceu em Lisboa no dia 24 de Novembro de 1945. O pai, Fernando Martins de Oliveira, era capitão da Marinha Mercante e a mãe estudara Medicina. A família deslocou-se para Moçambique onde Alexandre Oliveira estudou até ao final do Liceu. Na então Lourenço Marques, Alexandre inicia a sua vida intelectual no suplemento “Despertar” do “Notícias”, onde colaborou assiduamente.
Ingressa na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1963, que frequentaria até ser preso em 1967, ao mesmo tempo que trabalhava como redactor na delegação da Associated Press em Lisboa então dirigida por Dennis Redmont. Em 1966 foi director do Boletim da Faculdade de Direito e envolveu-se no Grupo Cénico para o qual escreveu vários textos teatrais. A sua peça “Os Ratos” foi encenada no Festival Internacional de Teatro Universitário de Nancy, onde recebeu uma menção honrosa. Em 1967 dirigiu o secretariado da Imprensa e Propaganda das Associações de Estudantes de Lisboa (SCIP) e foi membro do Secretariado das Reuniões Inter-Associações (RIA’s). Foi contemporâneo de outros estudantes que viriam a destacar-se como Miguel Galvão Telles, António Russo Dias, Amadeu Lopes Sabino, Armando Pereira da Silva, Joaquim Letria, Almeida Faria, Diana Andringa, Mário Vieira da Carvalho, Carlos Gil, Nuno Brederode Santos, Hélder Costa, Fernando Rosas, Alfredo Barroso e Alfredo Caldeira.
Alexandre Oliveira desenvolvia entretanto actividades antifascistas integrando-se numa célula da Frente de Acção Popular (FAP) em ligação nomeadamente com Hélder Costa e Fernando Brederode dos Santos. Foi preso pela PIDE em 7 de Janeiro de 1968 na sequência do desmantelamento do grupo pela polícia. Participaram na prisão de Alexandre Oliveira e nos seus interrogatórios os inspectores e agentes da PIDE José Barreto Sachetti, Adelino da Silva Tinoco, Sílvio da Costa Mortágua, Benedito Pereira André, Inácio Afonso, José Inácio da Conceição e António Capela. Entre as actividades imputadas à célula da FAP destacavam-se o apoio activo à deserção, o desvio de material de guerra das Forças Armadas e a propaganda política. Os nove arguidos deste “processo FAP” começaram a ser julgados no Tribunal Plenário da Boa-Hora em Outubro de 1968. 
Em 12 de Novembro de 1968, Alexandre Oliveira foi condenado a três anos e seis meses de prisão maior, medidas de segurança e suspensão dos direitos políticos por 15 anos. Durante o julgamento denunciou de viva voz a tortura a que fora submetido durante as primeiras semanas de prisão. Deu entrada na prisão de Peniche em 23 de Novembro de 1968 para o cumprimento de pena. Esteve também várias vezes internado na Prisão-Hospital de Caxias. Casou na prisão com Diana Andringa, que viria por seu lado a ser presa também em 7 de Fevereiro de 1971. Alexandre Oliveira cumpriu três anos e três meses de prisão e uma questão processual, desenvolvida em conjunto com o advogado José Augusto Rocha, veio a permitir a sua saída em liberdade condicional em 16 de Abril de 1971. A liberdade definitiva só seria estatuída em 8 de Maio de 1973.
Alexandre Oliveira regressou ao jornalismo após um curto período como director literário da Livraria Bertrand. Entre 1972 e 1975 escreveu no “Diário de Lisboa”. Em 1975 foi o coordenador/chefe de redacção do jornal “República” ocupado pelos trabalhadores, responsabilizando-se pelo funcionamento jornalístico do projecto. Em 1976 foi redactor do “Jornal do Comércio” sendo atingido pela extinção do quotidiano. Nesse mesmo ano fez uma viagem ao Canadá e Estados Unidos a convite da organização A.P.O.I.O. e proferiu ali várias palestras sobre a revolução portuguesa.
 Passou a exercer as funções de correspondente em Lisboa do diário francês “Libération” e em 1977 viveu em Paris onde continuou a colaborar no “Libération”, trabalhou na organização da revista “Nommo” para as edições A.T.C. e fez um estágio de documentação em Lovaina. Regressado a Lisboa, ingressou em 1978 nos quadros da agência noticiosa ANOP, onde foi chefe da redacção. 
Em 1979, foi diagnosticado com uma doença degenerativa do colagénio. Alexandre Oliveira morreu pouco tempo depois em 10 de Agosto de 1979.  Os seus restos mortais estão depositados no cemitério da Ajuda.
 

(Estas notas biográficas foram redigidas por Pedro Oliveira, irmão do Alexandre, em 27 de Janeiro de 2010. Foram consultados documentos pessoais e  o processo-crime  PC 2071/67 , caixas 5974-5975, em quatro volumes 377F, 348F, 498F e 269F e o processo individual 2964-E/GT , dos Arquivos da PIDE /DGS depositados na Torre do Tombo.)
 
 
 
•  MONOGRAFIAS


- 1º (O) de MAIO (Jornal). Grupo de colaboradores – A crise da corrente marxista-leninista em Portugal. [S.l.]: [s.n.], 1975
- ALIANÇA OPERÁRIO-CAMPONESA - Programa e Estatutos da Aliança Operário-Camponesa. Lisboa, 1974. 31p. 
- ANGOLA – Angola: la longue trahison de l’U.N.I.T.A. IN Afrique Asie. [Paris]. nº 61 (1974), Pag. 7-17
- BERNARDO, João - Um ano, um mês e um dia depois : para onde vai o 25 de Abril? : economia e política da classe dominante. Lisboa : Ed. Contra a Corrente, 1975. 37 p.
- BIG FLAME - Portugal: a blaze of freedom. Birmingham: B.F. Publications, [197?]. 31 p.
- CARDONNEL, Jean – L’enjeu d’humanite du Portugal. [S.l: s.n. s.d.] 5p. 
- CENTRE D'ETUDES ANTI-IMPERIALISTES (PARIS) - Portugal: un enjeu revolutionnaire pour l'Europe. 2ª. ed. aumentada. Paris: CEDETIM, 1975. 112 + XII p.
- CLIFF, Tony; HARMAN, Chris – Lições do 25 de Novembro. Londres: Socialist Worker, 1975 
- COMISSÃO DE AVERIGUAÇÃO DE VIOLÊNCIAS SOBRE PRESOS SUJEITOS ÀS AUTORIDADES MILITARES - Relatório da comissão de averiguação de violências sobre presos sujeitos às autoridades militares: nomeada por resolução do Conselho da Revolução de 19 de Janeiro de 1976. Lisboa: IN-CM, 1976. 142 p. + [2] p.
- COMISSÃO DEMOCRÁTICA ELEITORAL DE LISBOA Programa político da CDE de Lisboa. Lisboa: CDE de Lisboa, 1969. 93 p.
- CUNHAL, Álvaro - O radicalismo pequeno burguês de fachada socialista. [S.l. : s.n.], 1970. 140 p.
- CUNHAL, Álvaro - Relatório da actividade do Comité Central: ao VIº Congresso do Partido Comunista Português. [Lisboa]: Ed. Avante, 1965. 130 p.
- FRANK, Pierre; MAITAN, Lívio; MANDEL, Ernest – In defense of the portuguese revolution. IN Internacional Press. [S.l.]: [s.n.], 1975
- FRELIMO – 25 September 1974: 10 years of people's war. [S.l.]: [FRELIMO], 1974
- FRELIMO – Aliança natural povos das colónias povo português. [S.l.]: [FRELIMO], [1974?]
- FRELIMO – Discurso de abertura 1ª conferência da mulher moçambicana. [S.l.]: [FRELIMO], 1973
- FRENTE REVOLUCIONÁRIA DE TIMOR-LESTE INDEPENDENTE - Programa político da FRETILIN (Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente). [S.l.] : Casa dos Timorenses, [s.d.]. 12 p.
- GDUPS - Primeiro aniversário do Documento do Copcon, 20 Ag. 75 - 20 Ag. 76. S.l. s.d.. 16p. 
- GOMES, Soeiro Pereira - Contos vermelhos. Lisboa: [s.n.], 1957. 22 p.
- GRUPO DE APOIO A LUTA DOS POVOS DAS COLONIAS – 20 de Janeiro 1974: 1º aniversário do assassinato de Amílcar Cabral. [S.l.]: [s.n.], 1974
- GRUPO DE DIVULGAÇÃO DAS LUTAS DOS POVOS OPRIMIDOS – Aniversário do assassinato de Eduardo Mondlane. [S.l.]: [s.n.], [1973]
- GRUPOS DINAMIZADORES DE UNIDADE POPULAR - Otelo Saraiva de Carvalho : declaração de candidatura. Lisboa: GDUP, [1976]. 8 p.
- GUERRA DE GUERRILHAS – [ Guerra de guerrilhas ]. [S.l.]: [s.n.], 1970. 
- HAMMOND, John L. – PORTUGAL: two steps forward, owe step back. Fredonia: [s.n.], 1978]
- HAMMOND, John L. – The CIA in Portugal. Columbia University and Center for Policy Research, [1975]
- HAMMOND, John L. Das urnas às ruas: electoral behavior and noninstitutional political militancy Portugal 1975.Toronto: University of Toronto, 1976. Prepared for presentation at the conference on the crisis in Portugal, University of Toronto, April 15-17. 27, [2] p.
- LECHEVALIER, André – Medias et politique: Portugal 1974-1975: le cas Republica. Grenoble: [s.n.], 1976
- LENINE, pseud. ; ESTALINE, pseud. Sobre o partido. [S.l. : s.n., s.d.]. 19 p. (Textos Marxistas) .
- LENINE, pseud. Acerca das greves. [S.l.]: Luta Comunista. CARP (m-l), [s.d.]. (Cadernos militantes, 1)
- MACHEL, Samora Moisés - Discursos pós 25 de Abril. Lisboa: Casa de Moçambique, 1974. 15 p.
- MARXISMO-LENINISMO (0) – [ O marxismo-leninismo doutrina sempre jovem e científica ]. [Carregado do Sal]: grupo de cultura popular, 1974. Textos lidos na emissão da rádio Tirana em Novembro de 1974 no espaço semanal – O marxismo-leninismo doutrina sempre jovem e científica
- NOVO INSTITUTO MARXISTA DE TORONTO – Imigração. Toronto: [s.n.], 1975
- Organisation Communiste Gauche Ouvrière et Populaire – Portugal: un spectre hante l’ Europe celui du communisme . Paris: OCGOP (Cahier pour  le communisme; 5) Número monográfico suplemento de L’Outil des Travailleurs nº32 
- ORPC(ML) - Por uma ampla frente anti-fascista e patriótica caminho para a República Popular! Lisboa: A Causa Operária, 1975. 47P.
- PARTIDO AFRICANO DA INDEPENDÊNCIA DA GUINÉ E CABO VERDE - Programa do Partido. [S.l.: s.n., s.d.]. [7] p
- PARTIDO COMUNISTA DE PORTUGAL (MARXISTA-LENINISTA) - Programa político do Partido Comunista de Portugal (marxista-leninista): aprovado pelo V Congresso. [s.l.]:, 1971. – 64p.
- PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS - Resolução política do VIII Congresso: Resolução política do VIII Congresso do PCP. Lisboa: PCP-SIP, s.d. 43 p.
- PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS - VIII Congresso do PCP: projecto: medidas para defesa e consolidação da democracia e da independência nacional. [S.l.] : PCP [1976]. – [22 p.
- PARTIDO REVOLUCIONÁRIO DO PROLETARIADO. Brigadas Revolucionárias - Manifesto: fascismo ou socialismo: as tarefas do proletariado. [S.l.] : PRP-BR, 1974. 8 p
- PARTIDO SOCIALISTA - Declaração de princípios e programa do Partido Socialista. [Lisboa : s.n.], 1973. 65 p. (Textos Portugal Socialista) 
- PELAS REGIÕES LIBERTADAS DA GUINÉ - BISSAU - Pelas regiões libertadas da Guiné – Bissau. [S.l.], [s.d]. 46p.
- PORTUGAL – Portugal lutte et repression: la démocratie de la gauche et des patrons. Paris: [s.n.], 1975?
- PORTUGAL. Leis, decretos, etc. Plataforma de acordo constitucional entre o MFA e os partidos políticos. Lisboa: MCS, DGD. 15 p.
- PORTUGAL. Leis, Decretos, etc. Recenseamento eleitoral: Lei nº 2015, de 28 de Maio de 1946: organização do recenseamento eleitoral dos eleitores da Assembleia Nacional e do Presidente da República. Lisboa : Imprensa Municipalista, 1948. 20 p
- PORTUGAL'S REVOLUTION – Portugal's revolution: another Czechoslovakia or another Chile?: an analysis of the canadian press coverage. Ottawa: [s.n.], 1975?
- PROGRAMA - O programa do PCP à luz do marxismo revolucionário. S.l.: s.n.,  1973. 20p. 
- PROGRAMA PARA A DEMOCRATIZAÇÃO DA REPÚBLICA - Programa para a democratização da República: 31 de Janeiro de 1961. [Porto: s.n.], 1961. 51 p.
- REVOLUÇÃO (A) DE MAIO - A revolução de Maio: França 1968. [S. l. : s.n., s.d.]. [16] p
- RODRIGUES, A. Como nós marxistas-leninistas temos sabotado o movimento revolucionário. [S.l.]: A. Rodrigues, 1976. 287p. 
- SOBRE A NECESSIDADE – Sobre a necessidade da luta ideológica no seio do nosso movimento e as tarefas dos marxistas-leninistas.[S.l.]: Democracia Popular, 1974. Número 1 das edições “Democracia Popular” 20/Set/74
- SPARTACIST LEAGUE - Declaração de princípios da Spartacist League. Nova York: Spartacist publishing, 1966?
- UNIÃO DEMOCRÁTICA POPULAR - Intervenções do comício da UDP. [S.l.] : UDP, 1975. 31 p. 21 cm.
- UNIÃO DEMOCRÁTICA POPULAR - Manifesto-Programa da UDP. [S.l.: s.n.]. 1975. [8] p.
- UNIÃO DEMOCRÁTICA POPULAR – Projecto de Constituição da União Democrática Popular. S.l.: s.n., 1975. 23p. 

 

•  PUBLICAÇÕES PERIÓDICAS


- ACÇÃO COMUNISTA. LCI. 1974. nº especial de 13 de Maio
- ACÇÃO DIRECTA. 1975. nº 2. 1976. nºs 4 a 7. 1977. nº 8
- AFRIQUE EN LUTTE. 1974. nº 9 
- ALARME (O). Jornal dos portugueses da região de Grenoble. 1973. nº 9
- ANTICOLONIALISMO. 1972. nº 2 
- APOIO. American-Portuguese Overseas Information Organization. 1976. nºs 1 a 6
- ARMAS (AS) DO POVO. 1971. nº 1 
- AUTOGESTÃO REVOLUCIONÁRIA. 1974. nº 0 
- AVANTE. PCP. 1967. nº 386 e separata de Dezembro. 1968. nº 387. 1969. nºs 408, 409. 1974. nºs 461 e 1 (ano 44, série VII)
- BANDEIRA VERMELHA. PCP(R). 1976. nºs 1 a 6, 8, 10 a 25
- BATALHA. 1974. nº 1 
- BOLETIM AEPPA. 1974. nº 1, 4
- BOLETIM DO TRABALHADOR PORTUGUÊS. Comité Democrático Açoreano1975. nºs 1, 2 
- BOLETIM. MPAC. 1973. nºs de Fevereiro e Maio 
- COMBATE OPERÁRIO. 1973. nº 1 
- COMBATE. 1974. nº 6 
- COMBATE. A libertação dos trabalhadores é obra dos próprios trabalhadores. 1974. nºs 1 a 13. 1975. nºs 14 a 16. 1976. nº 37
- COMUNISTA (O) . 1971. nº 11. 1972. nº 13
- CONTRA A REPRESSÃO. 1972. nº 3 
- ESQUERDA SOCIALISTA. 1974. nºs 0, 1 
- ESTRELA VERMELHA. CM-LP. 1969. nºs 1, 2 . 1970. nº 5
- ESTRELA VERMELHA. PCP (ML). 1972. nº 12 
- FOLHA COMUNISTA. 1971. nº 6 
- GRITO (O) DO POVO. OCMLP. 1973. nºs 10,  especial de Abril, 16 e suplem. do exterior, de 1 de Maio, 20. 1974. nºs 21, 22, 26, 28, 29
- GUARDA VERMELHA. FEML. 1973. Separata ao nº 1, 5 
- GUARDIAN. 1976. nº 35
- HUMANITÉ (L’) ROUGE. 1973. nº 186
- JORNAL DA GREVE (SUSPENSA) DOS TRABALHADORES DA EFACEC/INEL. 1975. nº 44, 45. 1976. nº 85
- JOVEM GUARDA. 1972. nºs 1, 2
- JOVEM TRABALHADOR. MJT. 1974. nº 1 
- LIBERTAR. Grupos de base, Justiça e Paz. 1974. nº 1 
- LOTTA CONTINUA. 1973. nº 228 
- LUTA (A) CONTINUA. GDUP. 1974. nºs 22 
- LUTA COMUNISTA. CARP(ML). 1974. nºs 1, 2, 4 . 1975. nº 5
- LUTA COMUNISTA. CMLP. 1971. nºs 4, 7
- LUTA OPERÁRIA. Jornal dos trabalhadores revolucionários portugueses na Suécia. 1973. nº 7
- LUTA OPERÁRIA. URML.1974. Suplem. de Agosto da “Folha Comunista”  
- LUTA POPULAR. MRPP. 1973. nº especial de Maio/Junho, 13, 14, 15/16 a 26, 40. 1974. nºs 21, 23, 27
- LUTA PROLETÁRIA. 1974?. nº especial de 4 de Setembro.
- LUTA SINDICAL. Cadernos de acção e teoria revolucionária. 1971. nº 1 
- LUTA. Boletim da União Popular dos Trabalhadores da Informação. 1974. nº 1 
- LUTTES DE CLASSE AU PORTUGAL. Revue du Comite Français de Solidarite avec le Peuple Portugais et les Peuples sous Domination Coloniale Portugaise - Comite "Martins Soares". 1974. nº 1 
- MANIFESTO (IL). 1973. nº 228 
- MERDA. S.d. exempl. n/ numerado 
- MILITANTE (O). 1967. nº 152. 1968. nºs 157, 158. 1969. nº 163
- NOSSA (A) LUTA. Jornal de Bairro. 1974. nº 2 
- NOVAPORT. Boletim de informação. 1973. nºs 2 (12), 9 (19), 19 (29)  
- OUR COMMON STRUGGLE. Portuguese Workers Coordinating Committee. 1975. nº 10
- PEKIN INFORMATION. 1971. nº 12 
- PORTUGAL SOCIALISTA. 1971. nº 30 
- PROLETÁRIO (O) VERMELHO. 1974. nº 2 
- PROLETÁRIO (O). 1967. nºs 3 a 5 
- QUATRIEME INTERNATIONALE. 1974. nº 15
- QUE FAZER. Cadernos Marxistas-Leninistas. 1974. nº 1
- RESISTIR É VENCER. Boletim da Associação das famílias dos antifascistas presos. 1975. nº 19 
- REVOLUÇÃO POPULAR. CMLP. 1964. nº 1. 1965. nº 6. 1966. nº 7
- REVOLUÇÃO PROLETÁRIA. ORPC (ML). 1975. nº 1 a 3 
- REVOLUÇÃO. PRP(BR). 1974. nºs 1, 3 a 5, 11 a 18. 1976. nº 90  
- SEEPE INFORMATION. 1966. nº 2
- SOCIALIST WORKER. 1975. nº 443
- SOLIDARIEDADE ESTUDANTIL. 1967. nºs 2, 3
- TEMOIGNAGE CHRETIEN. 1975. nº 1624
- TEXTOS MRPP. 1973. Exemplar não numerado 
- TRIBUNA DO CONGRESSO. 1975. nº 2 
- UNIDADE POPULAR. PCP(ml). 1971. nº 10. 1974. nºs 1(?), 5, 22 e nº esp., 28
- VERDADE (A). 1974. Supl. à “A VERDADE” nº 3. 1975. nº 12
- VIVA A REVOLUÇÃO. CRECP. 1972. nº 4
- VOZ (A) DA REVOLUÇÃO. Frelimo. 1974. nº 22 
- VOZ (A) DO POVO MOÇAMBICANO. 1974. nº 3 
- VOZ (A) DO TRABALHADOR. 1974. nºs 3, 5, 7 a 9 (e nº esp. de Agosto)
- VOZ DO ESTALEIRO. 1975?. nº 1 
- VOZ DO POVO. 1974. nºs 1 a 22. 1975. nºs, 23 a 41, 43, 45 a 48, 65
- WORKERS VANGUARD. 1974. nºs 44 a 49, 54. 1975. nºs 63, 65, 67, 71, 73 a 84, 86 a 88. 1976. nº 95
- YENAN. 1973. nº 1. 1974. nºs 2, 6, 8

 

•  COMUNICADOS E PANFLETOS

    Entidades produtoras de documentação

    - AARP Itália (Associação de Amizade Revolucionária Portugal Itália)    1
    - Anarquismo    1
    - AOC (Aliança Operário-Camponesa)    1
    - BASE-Fut (Base - Frente Unitária de Trabalhadores)    1
    - CARP (M-L) [Comité de Apoio à Reconstrução do Partido (M-L)]    2
    - Casa de Angola    1
    - Casa de Moçambique    3
    - CCR(M-L) [Comités Comunistas Revolucionários (M-L)]    2
    - CCTP ou PWCC [Comis. Coord. dos Trab. Port. (ou Port. Workers Coord. Commi)]    4
    - CDE (Comissão Democrática Eleitoral)    4
    - CIC (Comités para a Independência Imediata e Incondicional das Colónias)    2
    - CIDAC (Centro de Informação e Documentação Amílcar Cabral)    1
    - Círculo Democracia Popular 12 de Outubro    3
    - CLAVA (Comités de Luta Anti-Imperialista e de Vigilância Anti-Fascista)    2
    - Colectivo Desertores da Ordem Social Reinante    1
    - Comando (Um) Comunista    1
    - Combate (Jornal)    1
    - Comité de Apoio aos Presos de Delito Comum    1
    - Comité de Apoio dos Desertores Portugueses em França    1
    - Comité para a Cultura Popular    1
    - Comités Anticolonialistas (França)    1
    - Comités Operários    1
    - Comités Revolucionários 1º de Maio    1
    - Comités Ribeiro Santos    2
    - Comunista (O). Núcleos diversos    1
    - CRTSM (Conselhos Revolucionários de Trabalhadores Soldados e Marinheiros)    9
    - FEC(M-L) [Frente Eleitoral de Comunistas (M-L)]    2
    - FEML (Federação dos Estudantes Marxistas Leninistas)    1
    - GDUPS (Grupos Dinamizadores de Unidade Popular)    16
    - Grupo (Um) de Internacionalistas de Lisboa    1
    - Grupo Comunista Internacional    1
    - Grupos Revolucionários Autónomos    2
    - Jornal o 1º de Maio    4
    - LCI  (Liga Comunista Internacionalista)    2
    - MARP (Movimento para a Autogestão Revolucionária do Proletariado)    1
    - MES (Movimento de Esquerda Socialista)    3
    - MJ (Movimento de Juventude)    1
    - MPAC (Movimento Popular Anti-Colonial)    6
    - MPD (Movimento Popular Dominicano)    2
    - OCMLP (Organização Comunista Marxista Leninista Portuguesa)    14
    - ORPC(M-L) [Organização para a Reconstrução do Partido Comunista (M-L)]    2
    - PCBR (Partido Comunista Brasileiro Revolucionário)    1
    - PCP (Partido Comunista Português)    4
    - PCP (M-L) [PartidoComunista de Portugal (M-L)]     3
    - PCTP/MRPP (Partido Comun. Trabalh. Portug/Movim. Reorganiz.  Part. do Prolet.)    15
    - PRP/BR (Partido Revolucionário do Proletariado / Brigadas Revolucionárias )    5
    - PUP (Partido da Unidade Popular)    2
    - República (Jornal)    2
    - RPAC (Resistência Popular Anti-Colonial)    3
    - Salto (O) (Jornal)    3
    - UAC (Unidade Anti-Colonial)    1
    - UDP(União Democrática Popular)    35
    - UEC (M-L) [União dos Estudantes Comunistas (M-L)]    1
    - UPTI (União Popular dos Trabalhadores da Informação)    2
    - URML (Unidade Revolucionária Marxista-Leninista)    3
    - Verdade (A) (Jornal)    1

    Dossiers temáticos

    - 1º de Maio     1
    - Açores    1
    - CAMPANHAS DE SOLIDARIEDADE / Vietnam    1
    - CINEMA    1
    - DESCOLONIZAÇÃO / Angola    1
    - DESCOLONIZAÇÃO / Moçambique    1
    - FIGURAS CÉLEBRES / Lenine    1
    - FORÇAS ARMADAS / UNIDADES E SERVIÇOS / Base Escola de Tancos    1
    - GUERRA COLONIAL / Diversos    2
    - MOVIMENTO ESTUDANTIL / UC / ESTRUTURAS / AAC-LISTAS-1975. 
        Lista B (sem sigla – Internacional Situacionista?)    3
    - MOVIMENTO ESTUDANTIL / UL / DIVERSOS / Ribeiro Santos    1
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / Diversos    1
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / FNLA    1
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / FRELIMO    4
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / GADCG    1
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / MLSTP    1
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / MPLA    7
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / OCA (Organização Comunista de Angola)    1
    - MOVIMENTOS DE LIBERTAÇÃO / PAIGC    8
    - OPOSIÇÃO POLÍTICA / Diversos    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / Assembleias “Ad hoc” - Lisboa    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / Eduardo Jorge, Sintra    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / Fábrica TITAN    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / GPA    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / Intercomi. de trabalh.    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / Lisnave    2
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / Sogantal    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / TAP    1
    - ORGANIZAÇÕES POPULARES DE BASE / COMIS. TRABALH. / Trabalh. emigrantes    1
    - PRESOS POLÍTICOS / AEPPA    8
    - PRESOS POLÍTICOS / CAP    1
    - PRESOS POLÍTICOS / CNSPP    1
    - PRESOS POLÍTICOS / Diversos    1
    - SINDICALISMO / Associação das Casas de Pasto    1
    - SINDICALISMO / PROFESSORES    1
    - SINDICALISMO / TÊXTEIS / Sindicato dos Trab. dos Têxteis e Vestuário do Sul    1

 

•  RECORTES DE IMPRENSA

    - PREC (imprensa em língua francesa)    3

Topo da página
Centro de Documentação 25 de Abril © 2017
Suporte: ucd25a@ci.uc.pt ; Sugestões: Formulário
www.cd25a.uc.pt
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional