• Sugestões de Melhoria e Reclamações

    Na Universidade de Coimbra, a sua opinião conta.

    Por isso criámos o Sistema Integrado de Melhorias: um canal aberto para a apresentação de sugestões de melhoria ou reclamações, possibilitando assim que o possamos servir cada vez melhor.

    Para manifestar a sua opinião específica sobre a página web UC.PT, clique aqui.

    Obrigada.
    Universidade de Coimbra

    Imagem de teste reCAPTCHA
    Captcha incorrecto.
    Escreva as palavras acima: Escreva os números que ouve:

Inventário de doação de Hélder Veiga Pires

 

 

 

INVENTÁRIO DE DOAÇÃO

 

 

Fundo Hélder Veiga Pires

 

Hélder Veiga Pires foi provavelmente um dos primeiros desertores da Guerra Colonial. Natural do Porto, completou o liceu e frequentou o curso de Economia na Universidade do Porto, não o concluindo por 2 cadeiras. Em 27 de Abril de 1961, já após ter aderido ao M.U.D. Juvenil (Movimento de Unidade Democrática) e após ser preso pela PIDE (Polícia Internacional e de Defesa do Estado), aproveita uma licença militar de 3 meses para desertar, radicando-se num primeiro momento em Inglaterra. Uma vez em Londres, prolonga a sua actividade oposicionista ao regime de Salazar a par do trabalho que consegue arranjar como mordomo do Embaixador do Brasil. Em Fevereiro de 1963 muda-se para a Argélia onde passa a trabalhar no Ministério da Saúde da Argélia, departamento de Estatística Médica e torna-se militante do M.A.R. (Movimento de Acção Revolucionária) e da F.PL.N (Frente Patriótica de Libertação Nacional). 

 

A documentação, objecto da presente inventariação, reflecte a actividade estudantil, militar, profissional, política e pessoal/privada de Hélder Veiga Pires, com especial enfoque nos períodos de exílio político em Londres, Argel e mais tarde em Paris, onde é militante da L.U.A.R. (Liga de Unidade e Acção Revolucionária) desde Maio de 1967, fazendo parte do Conselho Superior juntamente com Emídio Guerreiro, José Augusto Seabra e Fernando Echevarria, (mais tarde Mário Mateus), tendo sido também tesoureiro e demitindo-se em Abril de 1968. Contém também, para além de documentação de arquivo, publicações diversas que serão tratadas como monografias, publicações periódicas, e outros tipo de documentos: positivos e negativos fotográficos.

 

MONOGRAFIAS:

- GUERREIRO, Emídio – Discurso pronunciado pelo deputado Emídio Guerreiro na Assembleia Constituinte em 11/2/1976. (Porto: Comercio do Porto), [s.d.].

- PARTIDO SOCIALISTA – Conférence des partis socialistes d’ europe du sud. Paris: Parti Socialiste, 1976.

- ARGÉLIA. Ministério da Saúde Pública: Gabinete de Estatísticas Sanitárias – Cours elementaire de statistiques sanitaires: Institut National de Santé Publique : rapport final. Alger: [s.n.], 1966.

 

 

PUBLICAÇÕES PERIÓDICAS:

- SEARA NOVA    1967: nº 1458

- BULLETIN D’INFORMATION. Ministere des Affaires Sociales  1964: nº 22

- BULLETIN D’INFORMATION. Ministere de la Sante Publique dês Anciens Moudjahidine et dês Affaires Sociales  1965: nº 58 (+ 1 expl.)

- MÉDICO (O). Órgão da Associação Médica de Língua Portuguesa (AMELPO)  1966: Ano 17, nº 752

- PRESENÇA PORTUGUESA   1980: nº 160

- IUSY SURVEY   1961: nº 2   1962: nº 1

- PAZ E UNIDADE. Boletim da Comissão Distrital do Porto   1955: nº 2

- JAPPA. Boletim da Junta de Acção Patriótica dos Portugueses da Argélia  1964: nº 1 a 6, nº esp. 6 Ago. (+ 1 expl.)

- REVOLUÇÃO PORTUGUESA. Grupo Revolucionário Português de Libertação   1964: Separata ao nº 3

- ACÇÃO REVOLUCIONÁRIA. Órgão do MAR no exterior   1965: nº 5

- OPÇÃO  1976: Ano 1, nº 1 

- ALGÉRIE (L’) DANS LE MONDE   1964: nº 6

- SÉCULO (O)    1974: Ano 94, nº 33065

- PORTUGAL SOCIALISTA   1967: nº 5    1969: nºs 19, 22   1973: nºs 34, 35

- JORNAL DE NOTÍCIAS   1974: nº 326/EI, 322 ed. esp., 329/EI

- PRIMEIRO (O) DE JANEIRO   1974: nºs 114, 115, 120

- EUROPE PORTUGAL   1977: nº 15

- ENCONTRO. Centro Popular Português Democrático. Centre Populaire Portugais Democratique   1978: nº 2

 

 

ICONOGRAFIA:

 Negativos:

    - Negativos (médio formato)

Pré-deserção, vida estudantil, serviço militar      50 fotogramas

    - Negativos (pequeno formato)                        15 fotogramas

- Negativos (pequeno formato) vida familiar      21 fotogramas                            

    Total                                                                  86 fotogramas

 

   Fotografias:

    - Vida Familiar                                                 10 fotografias

    - Vida familiar e amigos                                    8 fotografias

    - Família                                                           21 fotografias

    - Outros                                                              5 fotografias

       Total                                                             44 fotografias    

 

   Postais:

    - Alger e Paris (P&b e Col.)                            12 postais

    - Reprodução de Pintura (P&b)                        1 reprodução de pintura    

 

MATERIAL AUDIOVISUAL:

 

   Filmes:

   - Filmes em suporte digital, convertidos de formato Super 8 (sem som). Argel. 1 DVD

   - Filmes em suporte digital. Vida familiar, amigos, viagens pela Europa, EUA, exílio (Argel, Paris). 2 DVD                               

 

 

DOCUMENTAÇÃO DE ARQUIVO

 

Fundo 361

Hélder Veiga Pires

 

Inventário

 

FICHA TÉCNICA

 

Universidade de Coimbra

Centro de Documentação 25 de Abril (CD25A)

Inventário do Fundo Hélder Domingos Ferreira Veiga Pires.

Fundo 361

Organização e descrição: Joana Moreira

Colaboração: Filomena Calhindro, Fernanda Ventura, Luísa Conceição e José Carlos Patrício.

Norma de descrição Arquivística: ISAD(G)

Datas: 2016

Coimbra, 2016

 

ÍNDICE

FICHA DE FUNDO

INVENTÁRIO

 

FICHA DE FUNDO

 

[Datas]

1923-2010

 

[Dimensões]

9 unidades de instalação (caixas) com um total de 1096 documentos tratados como documentação de arquivo. O Espólio inclui igualmente 3 documentos tratados como monografias, 18 documentos tratados como publicações periódicas e 146 documentos tratados na Divisão de Iconografia e Material Audiovisual.

 

[Produtor]

Hélder Veiga Pires. O arquivo integra também, ainda que residualmente, documentação produzida/reunida por Clarinda Carvalho Veiga Pires.

 

[História Administrativa/ Resenha Biográfica]

 

Hélder Domingos Ferreira Veiga Pires (09-01-1934 – 11-07-1986), filho de Arnaldo Cândido Veiga Pires, médico de profissão, e de Maria Júlia Machado Alves Ferreira, foi ainda sobrinho e afilhado do Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro (1883-1973), grande figura da República e antifascista. Nasce em 9 de Janeiro de 1934 no Porto, onde conclui o liceu e frequenta o curso de Economia da Universidade do Porto. Em 1955 é preso pela PIDE entre 30-05-1955 e 29-06-1955 por pertencer ao Movimento de União Democrática (MUD)Juvenil e é julgado por um Tribunal Político entre 1956 e 1957 juntamente com 52 outros estudantes, entre os quais Agostinho Neto (que mais tarde será o 1º Presidente do MPLA e da República Popular de Angola). Entre 1958 e 1960 faz o serviço militar e em 27 de Abril de 1961 aproveita uma licença de três meses para desertar (perante a eminência de embarque para a Índia), radicando-se em Londres, onde se encontrava já o seu irmão mais velho, José Arnaldo Veiga Pires, médico radiologista, figura igualmente activa na oposição política ao regime de Salazar. Passados os três meses respeitantes à licença militar, Hélder Veiga Pires é declarado pela polícia política como “desertor”. O pai, Arnaldo Cândido Veiga Pires, é preso em meados de Junho de 1961 (já tinha sido preso anteriormente em 1955, de acordo com registos de pagamentos de alojamento nos serviços prisionais e posteriormente deportado para Angola). Em Londres, Hélder tem dificuldade em arranjar emprego adequado à sua formação por não ter completado o curso superior. Acaba por trabalhar como mordomo do Embaixador do Brasil em Londres. Mantém-se sempre ligado à organização de actividades oposicionistas em Inglaterra e à Juventude Internacional Socialista. Conhece Clarinda Carvalho no “Fortes” café de Marble Arch, Londres e iniciam uma relação que durará até à morte deste, o que ocorrerá em Julho de 1986. Em Londres passam a conviver com a família Miranda, Álvaro e Sacuntala e esta viverá no mesmo apartamento em Birmandreis, Argel, onde morava o casal Veiga Pires, o casal Hipólito dos Santos e a Luísa. Ainda em Londres tem contactos políticos com os opositores políticos Pedro Martins, Carlos Plácido, Mário Borges Tony Santos, João Monjardino e onde mais tarde aparece Alexandre Babo. Por intermédio de Patrícia Mcgowan Pinheiro, primeira mulher de José Veiga Pires, inglesa, trotskista, casada em 2ªas núpcias com Carlos Lança (que já estavam em Argel), o casal muda-se, em Fevereiro de 1963 de Londres para a Argélia, onde já se encontravam outros portugueses da oposição, como Quintino de Barros, Piteira Santos e Tito de Morais. Passam primeiro por Paris para obter o Visto com destino para a Argélia. Hélder Veiga Pires encontra-se com Maria Lamas e Lopes Cardoso. Era este último quem fornecia os vistos para a Argélia, por intermédio da Frente Patriótica de Libertação Nacional. Uma vez chegado a Argel, Hélder é instalado num apartamento chamado “Casa Abrigo”, situado na Rua de Isly, a rua mais comercial de Argel, onde já se encontravam instalados Rui Cabeçadas (um dos representantes da FPLN), Modesto Iglésias, Fernando Echevarria, Artur Marinha de Campos e a 3 de Julho de 1963, também Clarinda Carvalho. Em Agosto e Setembro chegam Adolfo Ayala, o casal Hipólito e Luísa, Fernando, Flor e a filha Ruth, chegam perto do Natal e irão para uma nova “Casa Abrigo” em Hydra, um bairro periférico de Argel, onde estavam a maioria das embaixadas estrangeiras. Já em 1964, Rui e Catarina d’Espiney, chegariam a Argel, tendo também passado durante pouco tempo pelo apartamento dos casais Veiga Pires e Hipólito dos Santos, e na mesma altura João Pulido Valente que pertenciam à F.A.P.(Movimento pró chinês). Clarinda e Hélder passam a participar nas reuniões da FPLN e, mais tarde, na criação da JAPPA (Junta de Acção Patriótica dos Portugueses em Argel), da qual fizeram parte do Grupo 4 (Luta Armada). Começa então a instalar-se a ideia entre os membros do MAR de convidar o General Humberto Delgado para vir para Argel como Presidente da FPLN. Entre 1963 e 1967 Hélder trabalha no Ministére de la Santé Publique et de la Population de la Republique Algérienne onde ocupou os cargos de Administrateur Civil, 1er échelon, 2ème Classe no Gabinete de Estatística Sanitária e ainda como Representante do Ministério da Saúde no âmbito da subdireção das Estatísticas da Presidência do Conselho (Comité de Controlo dos Estudos Estatísticos).

Em 1964 casa-se em Alger com Clarinda Carvalho. Da sua união nascem dois filhos, Ricardo (nasce na Argélia) e Cristina (nasce já em Paris). Ainda em 1964, Veiga Pires integra o MAR (Movimento de Acção Revolucionária), a FPLN – núcleo de Argel (Frente Patriótica de Libertação Nacional) e a Junta de Acção Patriótica dos Portugueses de Argel (JAPPA). Em 1967 vai fazer um curso sobre Estatísticas Médicas, na Sorbonne, e não regressa à Argélia. Ainda em 1967 trabalha como bolseiro no Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (INSERM) em Paris e em 1968 até 1975 é nomeado “Attaché de Recherche” do mesmo Instituto. Em Dezembro de 1968 pede a demissão definitiva do Conselho Superior da LUAR. Em 1971 frequenta novo curso de Estatística Médica na Universidade Livre de Bruxelas como bolseiro da Organização Mundial de Saúde. Em 1974, depois do 25 de Abril, inicia militância no Partido Socialista, Federação de França, Núcleo de Paris-Halles e em Junho do mesmo ano regressa a Portugal para regularizar a sua situação militar após 13 anos de exílio no estrangeiro e concluir a Licenciatura em Economia pela Universidade do Porto. Em 1976 inicia funções como Conselheiro Social junto da Embaixada de Portugal em Paris, tratando sobretudo dos assuntos relacionados com a comunidade dos emigrantes portugueses em França até 11 de Julho de 1986, data da sua morte, vítima de cancro.

 

Clarinda Carvalho Veiga Pires natural do Montijo (nasce em 28 de Março de 1941), onde passa grande parte da infância e adolescência, frequenta o liceu e, sem o completar, decide fazer um curso de Estenografia nas variantes de português e inglês. Passa a trabalhar como secretária bilingue na Empresa “Boa Viagem”, mais tarde no Serviço de Contabilidade da Siderurgia Nacional e, por fim, na União Fabril do Azoto. Em Julho de 1961 termina o liceu e faz o exame de admissão à Faculdade de Medicina onde é aceite. Não chega a frequentar o curso, pois decide partir para Londres em Novembro do mesmo ano. Uma vez em Inglaterra, parte para Epsom, onde começa a trabalhar como “au-pair” e mais tarde como governanta. Conhece Hélder Veiga Pires num café de Marble Arch e iniciam uma relação que durará até à morte deste, em Julho de 1986. Em 1962 participam ambos na marcha “Ban the Bomb”, organizada pelo Comité Bertrand Russel e organizam uma manifestação em frente da Embaixada de Portugal, em Belgravia Square, pela libertação dos estudantes presos nas lutas estudantis de 1962 em Portugal. Parte para Argel, onde chega a 3 de Julho de 1963. Passa, por intermédio de Hélder, a frequentar reuniões da FPLN e acaba por integrar o Grupo 4 (Luta Armada) da JAPPA. A par da atividade política, Clarinda inicia funções como Attachée d’Administration do Ministério da Saúde, do Trabalho e da Segurança Social (Serviço de Relações Internacionais). Mais tarde, em 1966, vai trabalhar para a Caixa Agrícola e de Janeiro até Junho de 1967 trabalho como contabilista no British Council. A 3 de Julho de 1967 (exactamente 3 anos depois de ter chegado a Argel) parte para Paris com o filho Ricardo de 4 anos, onde Hélder tinha feito contactos para arranjar emprego e onde trabalhou como bolseiro primeiramente e mais tarde como Investigador no Instituto Nacional Francês de Investigação Médica (INSERM). Clarinda inscreve-se num curso de Estenografia e contabilidade em língua francesa. A partir de então começa a trabalhar como secretária e, mais tarde, como gerente de diversas empresas. Entre 1986 e 1988, após a morte do marido, vai para a República de Djibouti, onde trabalha como gerente da cadeia de Supermercados Pierront até se mudar para Nice, onde passa a trabalhar como Directora de uma propriedade da família Safra (Edmond Safra, judeu nascido no Líbano e de nacionalidade brasileira, tinha sido o criador do American Express e era dono do Banco Safra em Genebra e Monte Carlo) durante 5 meses. Regressa a Paris onde trabalhou precariamente até 1991, nomeadamente na compre/venda de imóveis, até ser convidada para trabalhar na Fundação Oriente, como responsável do Convento da Arrábida e dirigir as obras em curso para a instalação de um Centro de Estudos. Foi ainda sócio-gerente de dois restaurantes em Lisboa. Em 1996 filia-se no Partido Socialista, tendo trabalhado na secção de Alvalade e acaba por participar em diversas associações de teor cultural. Em 1997 foi convidada por Vasco Lourenço, então Presidente da Associação 25 de Abril, para substituir Helena Roseta como Vogal da Direcção da Associação. Em 1998 foi convidada por Iva Delgado para fazer parte da equipa que estava a preparar o 40º Aniversário das Eleições de 1958 e foi subsequentemente convidada a tomar posse como Vice-Presidente da recém-criada Fundação Humberto Delgado, cargo que teve duração breve. Ainda no mesmo ano foi mandatada pela Secção de Alvalade do Partido Socialista, como candidata, cabeça de lista, à Junta de Freguesia de Alvalade. A partir de 2001, durante 6 anos, viajou com frequência a Nice para visitar o filho Ricardo e netos. Em 2006 foi seleccionada pela Alliance Française para ir a Paris para representar Portugal no concurso “Questions pour um Champion”. Reside atualmente em Faro, Algarve. 

 

(Resenha baseada em informação fornecida pela documentação do espólio doado e pela obra autobiográfica intitulada “A Vida Agitada de uma Portuguesa”, da autoria de Clarinda Carvalho Veiga Pires)

 

Cronologia de Hélder Veiga Pires

(elementos baseados na informação fornecida pela documentação do espólio doado e pela obra autobiográfica intitulada “A Vida Agitada de uma Portuguesa”, da autoria de Clarinda Carvalho Veiga Pires)

 

1934-01-09     - Nasce no Porto, freguesia de Campanhã;

 

1945 - 1952     - Frequenta o Liceu Rodrigues de Freitas (Porto);

 

1953 - 1955     - Frequenta o Instituto Comercial do Porto;

 

1955 - 1960    - Frequenta a Faculdade de Economia da Universidade do Porto (não conclui o curso de Economia por duas cadeiras). Membro do Comité Local da Association Internationale des Étudiants en Sciences Économiques et Commerciales;

 

Jun. 1955    - Preso pela PIDE por pertencer ao MUD Juvenil desde 1951;

 

1957    - Julgado por um Tribunal Político juntamente com 52 estudantes;

 

1958 - 1960    - Serviço militar (cadete e aspirante);

 

1961-05-31    - Deserta do exército português (desertor desde 31-05-1961 – sai em 27 de abril de 1961 com licença de 3 meses) por se recusar a participar na guerra de Angola; 

 

1961    - O pai, Arnaldo Cândido Veiga Pires é preso em meados de junho de 1961 (Já tinha sido preso anteriormente (1955 de acordo com registos de pagamentos de alojamento nos serviços prisionais) e posteriormente deportado para Angola);

 

LONDRES

27-04-1961     - Chega a Londres;

 

Abr. 1961     - Assiste ao Cambridge European Seminar (Jesus College Cambridge);

 

6- 07 - 1961     - É novamente preso o pai em Portugal;

 

31-08-1961     - Arranja emprego na CCTA;

 

1961-09-19    - Vai trabalhar como mordomo do Embaixador do Brasil em Londres, (outubro 1961 – fevereiro 1963). Faltavam-lhe duas cadeiras da licenciatura em Economia na Universidade do Porto;

 

22/09/1961 - Jan 1962    - Matriculado na London County Council (Junior Commercial and Technical. College);

 

24-05-1061- Dez 1962     - The Pitman School of English;

 

Out. 1961     - Professor substituto de português no “Linguists’ Club” (Londres);

 

1962    - Participação em actividades oposicionistas organizadas em Inglaterra(entre outras a marcha “Ban the Bomb”, organizada pelo Comité Bertrand Russel pela libertação das colónias portuguesas; manifestação em frente à embaixada de Portugal, pela libertação dos estudantes presos nas lutas estudantis de 1962 em Portugal);

 

Abr. 1962    - Membro da Comissão de Apoio aos Estudantes Portugueses em Londres (Portuguese Students Support Committee);

 

Jul. 1962    - Participação no Seminário Internacional da União Internacional da Juventude Socialista (I.U.S.Y.) em Copenhague através do British Overseas Socialist Fellowship;

 

ARGEL 

Fev. 1963    - Partida para Paris para tirar o visto com destino a Argélia. O visto era concedido pelo MAR (Movimento de Acção Revolucionária), em nome da FPLN (Junta Revolucionária Portuguesa é o órgão dirigente da FPLN). António Lopes Cardoso e Veiga Pereira eram nessa altura, em Paris, os dirigentes do MAR. Chega a Argélia em 19-02-1963;

 

1963-03-01 - 1967    - Contratado para trabalhar no Ministére de la Santé Publique et de la Population de la Republique Algérienne onde ocupou o cargo de Administrateur Civil, 1er échelon, 2ème Classe no Gabinete de Estatística Sanitária de 01-03-1963 a 15-06-1967; Representante do Ministério da Saúde no âmbito da subdireção das Estatísticas da Presidência do Conselho (Comité de Controlo dos Estudos Estatísticos);

 

1963-03-20    - Autorização de residência em Argélia. Dirigente da JAPPA;

 

1963-10-24    - Carta assinada por Hélder Veiga Pires, António Marcelo Fernandes e José Hipólito dos Santos e Zulmiro de Almeida convidando o general Humberto Delgado a vir para Argélia;

 

1964-05-28    - Casamento, em Alger, com Clarinda Maria Serrano Carvalho. Namoravam desde 1962, ainda morando em Londres;

 

1964-10-10    - Nascimento do filho Ricardo;

 

1964    - Integra o MAR (Movimento de Acção Revolucionária).

 

1964 - 1967    - Exerce funções de chefia do Departamento de Estatística (categoria de Administrador Civil) no MTSSS até ir para Paris em abril de 1967;

 

PARIS

Abr. 1967    - Vai para Paris fazer um curso sobre Estatísticas Médicas, na Sorbonne, e não regressa a Argélia;

 

1967-07-03    - Vem para Paris a sua esposa, Clarinda;

 

1967-10-01 - 1974    - Inicia trabalho como bolseiro no Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (INSERM) Paris e de 1968 a 1975 como Attaché de Recherche no mesmo Instituto;

 

1967    - Membro da Liga Portuguesa do Ensino e da Cultura Popular de Paris;

 

Abr. 1968     - Pede a demissão da LUAR (fora tesoureiro do Conselho Político);

 

1970-07-12    - Nascimento da filha Cristina;

 

1971    - Ingressa em curso de Estatística Médica na Universidade Livre de Bruxelas;

 

01-02-1971 – 30-05-1971     Bolseiro da Organização Mundial de Saúde;

 

1971    - Hospitalizado com uma tuberculose pulmonar; 

 

1974-06-20    - Dispensado de comparecer no Quartel RI6 do Porto), o Alferes Miliciano Domingos Ferreira Veiga Pires;

 

Jun.1974    - Militante do Partido Socialista, Federação de França, Núcleo de Paris-Halles, com o nº 001765;

 

Jun.1974    - Apresentou-se em Portugal para regularizar a sua situação militar após 13 anos de ausência no estrangeiro;

 

1974-09-30    - Termina a licenciatura em Economia, com 12 valores, na Universidade do Porto;

 

1975-10-25    - “Attaché de Recherche” no Institut National de la Santé et de la Recherche Medicale (INSERM), em Paris;

 

1976-01-24,25    - Participação na Conference des Partis Socialistes d’Europe du Sud. Paris;

 

1976-12-21    - Conselheiro Social junto da Embaixada de Portugal em Paris, pertencente aos quadros do Ministério dos Negócios Estrangeiros até 11-07-86 data da sua morte;

 

1978    - Sócio nº 005105 da Association des Originaires du Portugal, Section de Paris;

 

1978    - Sócio nº 228-H da Associação Franco-Portuguesa de Argenteuil;

 

1980-01-15    - Comendador da Ordem do Infante D. Henrique;

1985-05-28          - Oficial da Ordem Militar de Cristo;

1985 – Diploma em reconhecimento do esforço e competência para as Comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades, assinado pelo Presidente da Comissão para as Comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades:

1986-07-11    - Morte.

 

 

[História Custodial e Arquivística]

O arquivo que apresentamos terá como sigla H. Veiga Pires. Reúne documentação produzida e/ou reunida por Hélder Veiga Pires no decurso da sua vida. Após a sua morte, em Julho de 1986, o arquivo ficou na posse de sua esposa, Clarinda Carvalho Veiga Pires. Através de Susana Martins, ponte de contacto entre Clarinda Veiga Pires e o CD25A, no dia 5 de Março de 2015 aceitou o Centro a doação que lhe foi proposta. Em 20 de Julho de 2015 foi contactada a Sra. D. Clarinda para ser agendado o transporte da documentação a fazer pela Dra. Natércia Coimbra, no final do mês de Agosto do mesmo ano. 

 

 

[Aquisição ou Transferência]

O arquivo deu entrada no CD25A em 02 de Setembro de 2015, fruto de doação de Clarinda Carvalho Veiga Pires.

 

 

[Âmbito ou Conteúdo]

O arquivo, composto por 10 pastas, após um cuidadoso trabalho de selecção efectuado pela doadora e pela Drª Natércia Coimbra (Assessora Principal de Biblioteca, Arquivo e Documentação do CD25A), evidenciava uma organização original e bom estado de conservação geral.

A documentação entregue abarca, predominantemente, as décadas de 60, 70 e 80 do século XX, correspondentes aos períodos de exílio político em Inglaterra, Argélia e França.

Nas suas secções mais representativas, o espólio reflecte as actividades de cariz profissional, político e pessoal de Hélder Veiga Pires no decurso do período supra referido. Destaca-se a documentação de teor político, ligada ao conhecido “Grupo de Argel”, produzida no âmbito das atividades em organismos de oposição ao regime de Salazar, tal como a FPLN/MAR e mais tarde a LUAR. Será de relevar ainda, a título de exemplo, o valor da correspondência que integra as Secções correspondentes à Actividade Política e Vida Privada, que serão indirectamente reflexo de um testemunho de vida marcado pelo acto de deserção do Exército Português e subsequente exílio político, composto por um percurso definitamente aventureiro e de luta por uma vida melhor, mas acima de tudo por um país livre.

Foi concebido, para a documentação doada, um quadro de classificação que reflecte o esquema de organização do fundo. As secções, subsecções e séries que o compõem foram concebidas com vista à produção de um Inventário e o critério para o seu estabelecimento teve em atenção o princípio do respeito pela estrutura (segundo o qual os documentos devem ser organizados de acordo com a estrutura de funções e actividades do indivíduo ou organização que os produziu) e o princípio do respeito pela ordem original (segundo o qual um fundo deve receber uma organização correspondente àquela que lhe foi dada pelo seu detentor, a fim de se preservar as relações entre os documentos).

Deste modo, a grelha de classificação relativa ao arquivo apresenta cinco secções que refletem as actividades do doador.

No que respeita a monografias (livros e brochuras), publicações periódicas (jornais e revistas), fotografias, negativos, postais e recortes de imprensa que integrem o espólio, tomou-se a decisão de proceder ao seu tratamento e arrumação topográfica junto dos documentos de idêntica tipologia já existente no Centro.

Relativamente aos prazos de divulgação do conteúdo da documentação e dado tratar-se de um arquivo privado respeitar-se-á, antes de mais, a vontade expressa do doador que, após a leitura do inventário prévio do espólio, nos indicou quais os documentos cujo conteúdo pretende manter sob reserva e respectivos prazos de abertura ao público. No presente caso, todos os documentos irão sendo gradualmente colocados à consulta do público depois de cumpridas as tarefas de carácter técnico necessárias à sua total preservação e sempre de acordo com os prazos previstos na legislação portuguesa.

Quanto à correspondência e a exemplo do que acontece com outros fundos de arquivo existentes neste Serviço, a que não seja de teor estritamente político ou profissional, poderá ser sujeita a expurgo, por razões de reserva da vida privada.

 

NOTA: Embora já inventariada, parte da documentação poderá não estar ainda totalmente catalogada e disponível para consulta do público.

 

 

[Avaliação, Selecção e Eliminação]

O presente arquivo foi objecto de avaliação e não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos.

 

 

[Sistema de Organização]

A partir de uma intensiva análise feita ao arquivo, concluiu-se existir, em partes da documentação, uma estrutura classificatória primária que foi subsequentemente respeitada na classificação definitiva. Concebeu-se, por conseguinte, um quadro de classificação que integra as seguintes 5 grandes secções: Actividade Estudantil, Actividade Militar, Actividade Profissional, Actividade Política e Vida Privada. Cada uma das referidas secções são subdivididas em subsecções que reflectem a ordenação original e, nos casos em que não se verificou tal ordenação, a estrutura foi concebida de acordo com a proveniência da documentação. As subsecções são, por sua vez, desdobradas em séries distinguíveis pela tipologia documental que integram, conforme o seguinte esquema indica:

 

  • •    Quadro de Classificação

 

 

 

ED         ( Entidade Detentora )    CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO 25 DE ABRIL ( CD25A )

GA         ( Grupo de Arq. )     ARQUIVOS PRIVADOS

SGA     ( Subgrupo de Arq. )        ARQUIVOS PESSOAIS

F 361    ( Fundo )     H. VEIGA PIRES

 

 

SC1            ( Secção )    ACTIVIDADE ESTUDANTIL                                           (1953 – 1974)

    SR1 (Série)                Documentação diversa                                              (1953-1974)

    SR2 (Série)                Negativos                                                                              (s.d.)

    SR3 (Série)                Fotografias                                                                           (s.d.)

 

 

SC2            ( Secção )    ACTIVIDADE MILITAR                                                     (1954–1974)

    SR1 (Série)                Documentação diversa                                                (1954-1974)

   SR2 (Série)                Negativos                                                                                (s.d.)

 

 

SC3            ( Secção )    ACTIVIDADE PROFISSIONAL                                          (1961–1986)

    SSC1        ( Subsecção )        MSPP (ARGÉLIA)                                                           (1963 - 1967)

        SR1 (Série)                Documentação diversa      (1963-1967)

 

    SSC2        ( Subsecção )        INSERM (PARIS)                                                                (1965 - 1976)

        SR1 (Série)                Publicações    (1965-1975)

        SR2 (Série)                Documentação diversa    (1966-1975)

        SR3 (Série)                Correspondência    (1967-1976)

 

    SSC3        ( Subsecção )        EMBAIXADA DE PORTUGAL (PARIS)                          (1963 - 1986)

        SR1 (Série)                Documentação diversa    (1974-1986)

        SR2 (Série)                Correspondência    (1975-1985)

        SR3 (Série)                Processo de contratação laboral    (1976-1976)

        SR4 (Série)                Recortes de imprensa     (1977-1983)

 

    SSC4        ( Subsecção )        DIVERSOS                                                                           (1961 - 1984)

        SR1 (Série)                Documentação diversa     (1961-1978)

        SR2 (Série)                Correspondência    (1961-1984)

 

 

SC4            ( Secção )    ACTIVIDADE POLÍTICA                                                     (1955 – 1986)

    SSC1        ( Subsecção )        M.U.D. (JUVENIL)                                                           (1963 - 1967)

        SR1 (Série)                Correspondência     (1955-1981)

        SR2 (Série)                Recortes de Imprensa    (1956-1979)

        SR3 (Série)                Documentação diversa    (1955-1997)

 

    SSC2        ( Subsecção )        COMISSÃO APOIO AOS ESTUDANTES PORT.               (1962 - 1979)

        SR1 (Série)                Correspondência                                                      (1962-1962)

        SR2 (Série)                Recortes de Imprensa                                               (1962-1979)

 

    SSC3        ( Subsecção )        INTERNATIONAL UNION OF SOCIALIST YOUTH       (1962 - 1962)

        SR1 (Série)                   Documentação diversa                           (1962-1962)

        SR2 (Série)            Negativos                                                                          (1962-1962)

 

    SSC4        ( Subsecção )        MAR/JAPPA    (1964 - 1965)

        SR1 (Série)                Correspondência    (1964-1965)

        SR2 (Série)                Documentação diversa    (1964-1964)

 

    SSC5        ( Subsecção )        FRENTE PATRIÓTICA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL    (1963 - 1979)

        SR1 (Série)                Documentação diversa     (1963-1965)            

        SR2 (Série)                Correspondência    (1963-1966)

        SR3 (Série)                Recortes de Imprensa     (1963-1979)

 

    SSC6        ( Subsecção )        LIGA DE UNIDADE DE AÇÃO REVOLUCIONÁRIA    (1967 - 1976)

        SR1 (Série)                Recortes de Imprensa     (1967-1974)

        SR2 (Série)                Correspondência     (1969-1974)

        SR3 (Série)                Comunicados     (1973-s.d.)

        SR4 (Série)                Notas manuscritas     (1968-1969)

        SR5 (Série)                Documentação diversa    (1967-1976)

 

    SSC7        ( Subsecção )        PARTIDO SOCIALISTA (FEDERAÇÃO DE FRANÇA)    (1974 - 1986)

        SR1 (Série)                Recortes de Imprensa     (1974-1976)

        SR2 (Série)                Correspondência     (1975-1986)

        SR3 (Série)                Documentação diversa     (1974-1986)

 

    SSC8        ( Subsecção )        DESERÇÃO    (1961 - 1982)

        SR1 (Série)                Documentação diversa    (1961-1982)

 

    SSC9        ( Subsecção )        DIVERSOS    (1961 - 1981)

        SR1 (Série)                Correspondência    (1961-1981)

        SR2 (Série)                Documentação diversa    (1962 -1977)

 

 

SC5            ( Secção )    VIDA PRIVADA                                                                             (1923-2010)

    SSC1        ( Subsecção )        HELDER ARMANDO DOS SANTOS RIBEIRO     (1923-1985)

        SR1 (Série)                Correspondência     (1931-1977)

        SR2 (Série)                Recortes de Imprensa     (1967-1985)

        SR3 (Série)                Fotografias    (1937-1971)

        SR4 (Série)                Documentação diversa    (1923-s.d.)

 

    SSC2        ( Subsecção )        ARNALDO VEIGA PIRES    (1953-1975)

        SR1 (Série)                Correspondência     (1953-1975)

        SR2 (Série)                Artigos científicos    (1960-1971)

        SR3 (Série)                Recortes de Imprensa    (1961-1982)

        SR4 (Série)                Documentação diversa    (1950-1971)

 

    SSC3        ( Subsecção )        JOSÉ VEIGA PIRES    (1954-1978)

    SR1 (Série)                Correspondência     (1954 – 1976)

    SR2 (Série)                Documentação diversa     (1961 – 1978)

 

    SSC4        ( Subsecção )        CLARINDA VEIGA PIRES     (1958-2010)

    SR1 (Série)                Documentação Fundação Humberto Delgado     (1958 – 2005)

    SR2 (Série)                Recortes de Imprensa     (1996 – 2000)

    SR3 (Série)                Documentação diversa     (1963 – 2010)

 

    SSC5        ( Subsecção )        ASSUNTOS PESSOAIS    (1938 - 1977)

    SR1 (Série)                Correspondência     (1964 – 1976)

    SR2 (Série)                Recortes de imprensa     (1938 – 1946)

    SR3 (Série)                Negativos, Fotografias e outra iconografia     (s.d. – s.d.)

    SR4 (Série)                Filmes de família      (s.d. – s.d.)

    SR5 (Série)                Documentação clínica     (1962 – 1971)

    SR6 (Série)                Documentação diversa     (1960 – 1976)

    SR7 (Série)                Contabilidade e Gestão     (1967 – 1977)

 

 

[Condições de Acesso]

O acesso à documentação faz-se de acordo com a lei geral aplicável.

 

[Idioma]

Contém documentos em português, inglês e francês.

 

[Características Físicas]

Os documentos estão, de um modo geral, em bom estado de conservação.

 

[Instrumentos de Descrição]

ISAD(G)

 

[Unidades de Descrição Relacionadas]

Ver os Fundos Lopes Cardoso, Manuel Sertório e Piteira Santos 

 

 

 

 

 

 

 

 

[Fontes e Bibliografia]

PIRES, Clarinda Carvalho Veiga 

A vida agitada de uma portuguesa / Clarinda Carvalho Veiga Pires . - [Lisboa] : CCVP, 2015. - 96 p. : il. fotog. + 21 cm . –

 

[Cota]

UCCD25 929 Pires, Clarinda Carvalho Veiga

 

MARTINS, Susana 

Exilados políticos em Argel : a FPLN das origens à ruptura com Humberto Delgado / Susana Martins : 1960-1965 . - Lisboa : FCSH, 2013. - 1 CD . - Bibliografia p. 488-500. - Dissertação em História Institucional e Política Contemporânea apresentada à FCSH-UL. - Cópia interdita. - O estudo arranca em 1958, no rescaldo das eleições presidenciais, quando se iniciam as movimentações oposicionistas que visam a criação de uma forte organização unitária capaz de dar continuidade ao enorme entusiasmo popular que pautara toda a campanha presidencial, em especial em torno da candidatura de Humberto Delgado. A saída para o exílio de um conjunto de quadros democratas directamente empenhados neste processo, dinamiza a oposição no exterior e dá-lhe um progressivo protagonismo, sobretudo a partir de 1961. A partir de então a diáspora política portuguesa deixa de ser encarada como mero apêndice logístico do interior e reassume-se como um centro próprio de luta política. É esta renovada frente externa que toma em mãos a iniciativa de realizar uma reunião entre a oposição no interior e no exterior, ponto de partida para constituir um organismo executivo no estrangeiro, que se dedicasse, essencialmente, à representação dos democratas portugueses e ao trabalho de propaganda. O encontro tem lugar em Roma, nos últimos dias de 1962, e dele resulta a criação da Frente Patriótica de Libertação Nacional (FPLN), o nome atribuído ao movimento unitário oposicionista existente no interior, que teria a partir de então uma base de trabalho no estrangeiro. Tal secretariado acabará por se fixar na recém-independente Argélia e aí funcionará até ao 25 de Abril de 1974. É a história do primeiro ciclo da vida deste secretariado no exterior que, muito em particular, se procura traçar na presente dissertação. É o ambiente revolucionário de Argel que servirá de palco a uma intensa luta pela hegemonia da unidade antifascista portuguesa. Uma luta travada especialmente entre o Partido Comunista Português, o delgadismo e as forças que vão ganhando corpo à esquerda dos comunistas – o Movimento de Acção Revolucionária, primeiro, a Frente de Acção Popular a seguir –, auto excluídos que estão os sectores mais moderados e conservadores da oposição. O papel a atribuir à frente externa, o enfoque a dar à luta anticolonial no contexto da resistência lusa e as formas de luta que esta deveria privilegiar são os principais temas em debate, tomando a discussão em torno na luta armada grande destaque. Nos finais de Junho de 1964, Humberto Delgado chega a Argel para assumir a liderança do organismo dirigente da FPLN no exterior. Cientes do prestígio interno do general, do seu desejo de acção imediata e do seu voluntarismo, os quadrantes mais radicais olham-no como última cartada do duro ataque que, sobretudo desde os finais de 1963, movem contra os representantes das forças tradicionais da oposição, entre elas o PCP. Porém, logo Delgado se incompatibiliza irremediavelmente com os seus parceiros de direcção e rompe com a FPLN. Estamos em Outubro de 1964. Os comunistas ganham o controlo da Frente e impõem a sua linha política. É o fim do projecto unitário tal qual fora concebido em Roma.. - Ficheiro pdf, 511p. (3.1MGB). -

 

[Cota]

UCCD25 CDI-18

 

 

 

 

 

 

 

DOCUMENTAÇÃO DE ARQUIVO

 

 

Fundo 361

Hélder Domingos Ferreira Veiga Pires

 

Inventário

 

SC1  ATIVIDADE ESTUDANTIL

 

    Inclui documentação relativa à actividade desempenhada por Hélder Veiga Pires no decurso da frequência no Ensino Superior

 

    Datas extremas  1953-1974

 

 

        SR 1      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1953-1974

Dimensões: 1cx. nº1 contendo 4 pastas com um total de 17 documentos por elas distribuídos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a frequência de Hélder Veiga Pires no curso superior de Economia e Finanças na Faculdade de Economia da Universidade do Porto 

 

Cx.1 (4 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui cartões de identificação de âmbito estudantil e recreativo; material iconográfico composto por 6 fotografias, uma ilustração e uma caricatura; declarações institucionais e cópia de certificado que ilustram a conclusão da Licenciatura em Economia e Finanças imediatamente após o 25 de Abril; recortes de imprensa predominantemente relacionados com a Queima das Fitas de 1959; e livro de curso de Finalistas de Economia e Finanças 1955-1960 (inclui, nas páginas 42 e 43, versos e caricatura dedicados a Hélder Veiga Pires).

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos.

    Organização: Processos organizados por ordem cronológica.

    F361/SC1/SR1

        SR 2      NEGATIVOS

Datas extremas: s.d.-s.d.

Dimensões: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

Assunto: série composta por negativos fotográficos 

 

Cx.1 (4 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui negativos fotográficos relativos ao período estudantil de Hélder Veiga Pires, durante o curso superior de Economia e Finanças que frequentou na Universidade do Porto.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos.

    Organização: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

    F361/SC1/SR2

        SR 3      FOTOGRAFIAS

Datas extremas: s.d.-s.d.

Dimensões: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

Assunto: série composta por positivos fotográficos 

 

O conteúdo documental que integra a presente série inclui positivos fotográficos relativos ao período estudantil de Hélder Veiga Pires, durante o curso superior de Ciências Económicas que frequentou na Universidade do Porto.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos.

    Organização: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

    F361/SC1/SR2

 

SC2  ATIVIDADE MILITAR

 

    Inclui documentação relacionada com a situação militar de Hélder Veiga Pires antes e após o 25 de Abril

 

Datas extremas 1954-1974

 

 

        SR 1      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1954-1974

Dimensões: 1cx. nº1 contendo um total de 18 documentos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a situação militar de Hélder Veiga Pires nos períodos pré e pós 25 de abril

 

Cx.1 (3 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui a cédula de recenseamento militar de Hélder Veiga Pires; exemplar de Diário do Governo de 1968 (I série) no qual é divulgada a Lei do Serviço Militar; Contra-fé de 1961 (provavelmente relacionado com a deserção de Veiga Pires); documentos relacionados com a resolução da sua situação militar no período pós 25 de Abril.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Processos organizados por ordem cronológica.

    F361/SC2/SR1

 

 

        SR 2      NEGATIVOS

Datas extremas: s.d.-s.d.

Dimensões: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

Assunto: série composta por negativos fotográficos 

 

 

O conteúdo documental que integra a presente série inclui negativos fotográficos relativos ao período decorrido durante o Serviço Militar de Hélder Veiga Pires.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos.

    Organização: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

    F361/SC2/SR2

 

SC3 •  ATIVIDADE PROFISSIONAL

 

    Inclui documentação relacionada com os cargos que Hélder Veiga Pires ocupou e funções que desempenhou no decurso do seu percurso profissional

 

Datas extremas 1954-1974

 

SSC1 MINISTERE DE LA SANTE PUBLIQUE ET DE LA POPULATION (ARGÉLIA)

 

Datas extremas 1963-1967

 

        SR 1      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1963-1967

Dimensões: 1cx. nº1 contendo um total de 29 documentos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a ocupação do cargo de Administrador Civil no Gabinete de Estatística do Ministério da Saúde Pública e da População da Argélia.

 

Cx.1 (6 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui predominantemente correspondência, convocações, documentação contratual, boletins de informação, ordens de missão e recortes de imprensa.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Processos organizados por ordem cronológica.

    F361/SC3/SSC1/SR1

SSC2 INSERM (PARIS)

 

Datas extremas – 1965-1976

 

 

        SR 1      PUBLICAÇÕES

Datas extremas: 1965-1975

Dimensões: 1cx. nº2 contendo um total de 29 documentos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a ocupação do cargo de Administrador Civil no Gabinete de Estatística do Ministério da Saúde Pública e da População da Argélia.

 

Cx.2 (6 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui predominantemente correspondência, convocações, documentação contratual, boletins de informação, ordens de missão e recortes de imprensa.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Processos organizados por ordem cronológica.

    F361/SC3/SSC2/SR1

        SR 2      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1966-1975

Dimensões: 1cx. nº3 contendo um total de 24 documentos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a ocupação do cargo de Administrador Civil no Gabinete de Estatística do Ministério da Saúde Pública e da População da Argélia.

 

Cx.3 (5 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui predominantemente documentação contratual e remuneratória e recortes de imprensa.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Processos organizados por ordem cronológica.

    F361/SC3/SSC2/SR2

        SR 3      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1967-1976

Dimensões: 1cx. nº3 contendo um total de 35 documentos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a ocupação do cargo de Administrador Civil no Gabinete de Estatística do Ministério da Saúde Pública e da População da Argélia.

 

Cx.3 (5 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência recebida, na qual se integram também cartões de visita e convites recebidos no âmbito das funções que desempenhou no cargo acima descrito. Será de referir que alguma correspondência residual não foi remetida diretamente a Veiga Pires, mas foi para ele redireccionada. 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Correspondência organizada por ordem cronológica.

    F361/SC3/SSC2/SR3

SSC3 EMBAIXADA DE PORTUGAL EM PARIS

 

Datas extremas – 1963-1986

 

        SR 1      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1974-1986

Dimensões: 1cx. nº4 contendo um total de57 documentos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a ocupação do cargo de Conselheiro Social da Embaixada de Portugal em Paris.

 

Cx.4 (8 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui predominantemente correspondência, despachos, memorandos, relatórios, cartões de identificação.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi respeitada a ordem original. 

    F361/SC3/SSC3/SR1

        SR 2      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1975-1985

Dimensões: 1cx. nº4 contendo um total de 23 documentos

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a ocupação do cargo de Conselheiro Social da Embaixada de Portugal em Paris. A temática dominante abordada pela documentação reporta à Emigração, nomeadamente questões relacionadas com a emigração portuguesa em França. Esta série inclui igualmente um volume significativo de convites oficiais.

 

Cx.4 (3 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui unicamente correspondência recebida no âmbito do cargo de Conselheiro Social da Embaixada de Portugal em Paris.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Correspondência organizada por ordem cronológica. A correspondência sem data aparente foi organizada e arquivada sequencialmente no final da série.

    F361/SC3/SSC3/SR2

        SR 3      PROCESSO DE CONTRATAÇÃO LABORAL

Datas extremas: 1976-1976

Dimensões: 1cx. nº4 contendo um total de 1 documento e 8 anexos

Assunto: série composta por processo contratual gerado no âmbito da contratação de Hélder Veiga Pires para o cargo de Conselheiro Social da Embaixada de Portugal em Paris

 

Cx.4 (3 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui termo de posse do cargo supra referido por Hélder Veiga Pires, receita do Estado, certificado de robustez física, certidão de registo de nascimento e legislação aplicável..

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização do processo foi respeitada a ordem original.

    F361/SC3/SSC3/SR3

        SR 4      RECORTES DE IMPRENSA

Datas extremas: 1977-1983

Dimensões: 1cx. nº4 contendo um total de 51 documentos.

Assunto: série composta por recortes de imprensa recolhidos e armazenados por Hélder Veiga Pires. Todos os documentos estão relacionados com o desempenho do cargo de Conselheiro Social da Embaixada de Portugal em Paris.

 

Cx.4 ( pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa predominantemente relacionados com a emigração de portugueses em França, temática que Hélder Veiga Pires abordou durante o cumprimento das funções previstas no cargo de Conselheiro Social da Embaixada de Portugal em Paris, assim como com o afastamento de Veiga Pires do cargo, em 1983.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização da série, os recortes foram dispostos por ordem cronológica.

    F361/SC3/SSC3/SR4

SSC4 DIVERSOS

 

Datas extremas – 1961-1978

 

        SR 1      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1961-1978

Dimensões: 1cx. nº4 contendo um total de 87 documentos.

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com as diversas etapas da vida profissional de Hélder Veiga Pires que, pela sua temática, não são enquadráveis em nenhuma outra subsecção.

 

Cx.4 (7 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui predominantemente correspondência de submissão e resposta a candidaturas de emprego formuladas por Hélder Veiga Pires durante o primeiro período de exílio político em Londres (1961). A presente série integra também um volume considerável de certificados de habilitações, curricula e declarações que integravam uma pasta (denominada “Hélder Diplomas) que apresentava uma ordenação original visível que foi mantida. A restante documentação foi organizada por ordem cronológica 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos nº1 ao documento nº 42 (2 pastas) foi adoptada ordenação cronológica. A partir do documento nº43 (5 pastas) foi respeitada a ordem original.

    F361/SC3/SSC4/SR1

        SR 2      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1961-1984

Dimensões: 1cx. nº4 contendo um total de 71 documentos.

Assunto: série composta por correspondência de âmbito variado destinada Hélder Veiga Pires que, pela sua organização original (incluída numa pasta com menção manuscrita por HVP, não seria enquadrável em nenhuma outra subsecção).

 

Cx.4 (3 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência incluída numa pasta original denominada de “Correspondência Diversa”, que foi mantida desta forma. A pasta incluía ainda a enumeração, também manuscrita, de alguns remetentes, tais como: Manuel Sertório, Amílcar e Fernanda Castanhinha, Geller, Sirovica, Rodrigues, Grilo, Marinha de Campos, Mário Cardia, Dantas Zulmira, Sócrates, Luís Carvalho e Sousa Lopes. Nos remetentes surgem ainda nomes, como: Sócrates (possivelmente Sócrates de Costa – dirigente do MPLA ou Sócrates Papoudoulos); Gaspar da Silva.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi respeitada a ordem original no que respeita à manutenção da correspondência dentro da pasta em que originalmente se encontrava, tendo sido contudo reorganizada cronologicamente, por não ser determinável nenhuma ordenação lógica das cartas no seu interior.

    F361/SC3/SSC4/SR2

 

SC4 •  ATIVIDADE POLÍTICA

 

    Inclui documentação relacionada com a actividade política desenvolvida por Hélder Veiga Pires ocupou no decurso da sua vida

 

Datas extremas 1955-1986

 

SSC1 MOVIMENTO DE UNIÃO DEMOCRÁTICA (JUVENIL)

 

Datas extremas – 1955-1997

 

        SR 1      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1955-1981

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 10 documentos

Assunto: série composta por correspondência recebida por Hélder Veiga Pires relacionada com o facto de Veiga Pires ter sido membro do Movimento de União Democrática Juvenil.

 

Cx.5(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência relacionada com a prisão e posterior instauração de processo por delito político a Hélder Veiga Pires em 1955, por ser membro do M.U.D. (Juvenil). De entre a documentação em causa encontram-se notificações do Tribunal do Primeiro Juízo Criminal, correspondência do Juiz de Direito, correspondência de Lord Gardiner que terá assistido a parte dos julgamentos dos 52 estudantes em 1957, dois envelopes endereçados a Hélder Veiga Pires, enquanto prisioneiro político com a edição do periódico The Times. 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC4/SSC1/SR1

 

        SR 2      RECORTES DE IMPRENSA

Datas extremas: 1956-1979

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 8 documentos

Assunto: série composta por tipologias documentais variadas relacionadas com o Movimento de União Democrática Juvenil, organismo de que Hélder Veiga Pires foi membro.

 

Cx.5(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa relacionados com o processo criminal instaurado, entre outros estudantes, a Hélder Veiga Pires em 1955, por pertencer ao MUD (Juvenil). Os recortes abordam predominantemente a evolução do julgamento dos 52 estudantes, entre os quais se encontrava Agostinho Neto. 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC4/SSC1/SR2

        SR 3      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1955-1997

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 15 documentos

Assunto: série composta por tipologias documentais variadas relacionada com o Movimento de União Democrática Juvenil, organismo de que Hélder Veiga Pires foi membro.

 

Cx.5(1 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui documentação de registos da prisão de Hélder Veiga Pires em 1955, boletim do M.U.D. Juvenil de 1955, listagem manuscrita dos acusados de delito político por pertencerem ao M.U.D. Juvenil, documento de contestação à acusação de delito político instaurada a Hélder Veiga Pires e cópia do processo da PIDE-DGS de Hélder Veiga Pires arquivado nos Arquivos da Torre do Tombo. 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC4/SSC1/SR3

SSC2 COMISSÃO DE APOIO AOS ESTUDANTES PORTUGUESES

 

Datas extremas – 1962-1979

 

        SR 1      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1962-1962

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 2 documentos com anexos.

Assunto: série composta por correspondência remetida pela Comissão de Apoio aos Estudantes Portugueses, da qual Hélder Veiga Pires foi membro, conjuntamente com Álvaro Miranda e M. D. Borges.

 

Cx.5(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui exemplares de correspondência enviada pela Comissão de Apoio aos Estudantes Portugueses em língua portuguesa e a correspondente tradução para inglês. A data da correspondência corresponde ao período em que Hélder Veiga Pires se encontrava em exílio político em Londres. Os exemplares e seus anexos (que compreendem relatórios e comunicados que abordam a prisão de estudantes portugueses pela PIDE-DGS) retratam as manifestações feitas pela CAEP junto da comunidade estudantil portuguesa e inglesa. 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação original. 

    F361/SC4/SSC2/SR1

 

        SR 2      RECORTES DE IMPRENSA

Datas extremas: 1962-1979

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 6 documentos com anexos.

Assunto: série composta por recortes de imprensa relacionados com a Comissão de Apoio aos Estudantes Portugueses, da qual Hélder Veiga Pires foi membro, conjuntamente com Álvaro Miranda e Mário D. Borges.

 

Cx.5(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa nacional (Uma Frente Nacional Contra os Inimigos da Pátria; Portugal Democrático) e estrangeira (Daily Worker; Portuguese and Colonial Bulletin; Peace News) a favor e contra a Comissão de Apoio aos Estudantes Portugueses, assim como artigos que noticiam o apoio da comunidade estudantil estrangeira aos estudantes portugueses vítimas de perseguição e prisão pela PIDE. 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC4/SSC2/SR2

 

SSC3 INTERNATIONAL UNION OF SOCIALIST YOUTH (IUSY)

 

Datas extremas – 1962-1962

 

        SR 1      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1962-1962

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 21 documentos distribuídos por 3 pastas.

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com a presença de Hélder Veiga Pires no Seminário da União Internacional da Juventude Socialista que teve lugar em Copenhaga (Dinamarca) entre 8 e 18 de Julho de 1962.

 

Cx.5(3 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui exemplares de folhetos, panfleto, diário manuscrito da viagem e presença no Seminário, correspondência, credencial de acesso ao Seminário, Programas do Seminário, listas de participantes, relatórios, apontamentos manuscritos, discurso manuscrito, folheto de informação turística de Copenhaga, resoluções finais, telegrama, publicações periódicas, fotografia.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação original. 

    F361/SC4/SSC3/SR1

        SR 2      NEGATIVOS

Datas extremas: 1962-1962

Dimensões:. os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

Assunto: série composta por negativos fotográficos.

 

O conteúdo documental que integra a presente série inclui negativos fotográficos resultantes da presença de Hélder Veiga Pires no Seminário da União Internacional da Juventude Socialista que teve lugar em Copenhaga (Dinamarca) entre 8 e 18 de Julho de 1962.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

    F361/SC4/SSC3/SR2

 

SSC4 MAR/JAPPA

 

Datas extremas – 1964-1965

 

        SR 1  CORRESPONDÊNCIA    

Datas extremas: 1964-1965

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 6 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por correspondência relacionadas com Movimento de Ação Revolucionária (Núcleo de Alger), do qual Hélder Veiga Pires fez parte.

 

Cx.5(1 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui exemplares de cartas geradas no âmbito do Movimento de Acção Revolucionária - MAR (Núcleo de Argel). Os exemplares abordam questões relacionadas com a orgânica e questões ideológicas internas do MAR, da Comissão Política Provisória e da Junta Revolucionária Portuguesa da FPLN. Hélder Veiga Pires pertenceu simultaneamente ao MAR e FPLN. Por esse motivo, resolveu-se não desestruturar a documentação desta subsecção, por estes e outros organismos estarem intrinsecamente inter-relacionados e subsequentemente pela documentação que resulta da sua actividade também estar intrinsecamente inter-relacionada.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação original. 

    F361/SC4/SSC4/SR1

        SR 2  DOCUMENTAÇÃO DIVERSA    

Datas extremas: 1964-1964

Dimensões: 1cx. nº5 contendo um total de 39 documentos distribuídos por 4 pastas.

Assunto: série composta por variadas tipologias documentais relacionadas com o M.A.R.(Movimento de Acção Revolucionária) e JAPPA (Junta de Acção Patriótica dos Portugueses na Argélia – organismo local da FPLN) geradas no âmbito do percurso de Hélder Veiga Pires enquanto membro destes organismos. 

 

Cx.5(4 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui exemplares de variadas tipologias documentais que abordam as seguintes temáticas no âmbito do M.A.R. e J.A.P.P.A.: normas de acção directa, condições dos presos políticos, estruturação orgânica do MAR e JAPPA, Tipologias, entre outras: comunicados, propostas, relatórios, princípios de acção e programa, manifesto, projecto de regulamento do Núcleo de Alger.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação original. 

    F361/SC4/SSC4/SR2

SSC5 FPLN

 

Datas extremas – 1963-1979

 

        SR 1  DOCUMENTAÇÃO DIVERSA    

Datas extremas: 1963-1964

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de32 documentos distribuídos por 3 pastas.

Assunto: série composta por documentação de tipologia variada reunida por Hélder Veiga Pires e produzida no contexto da actividade da Junta de Acção Patriótica da FPLN em Argel.

 

Cx.6(3 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui um grupo de documentos produzidos no âmbito da Journée Mondiale de la Jeunesse Contre le Colonialisme et pour la Coexistence Pacifique (24-28 de Abril de 1963), outro grupo de documentação produzida no âmbito do Executive Commitee of the International Union of Students (13-20 de Maio de 1963); Comunicados da FPLN; o processo de autorização de obtenção de Certificado de Residência e de trabalho na Argélia de Hélder Veiga Pires; cópia do frontispício de exemplar de livro de Humberto Delgado (Tufão sobre Portugal) com dedicatória a Hélder Veiga Pires; exemplar de L’Algerie dans de Monde).

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação original. 

    F361/SC4/SSC5/SR1

        SR 2  CORRESPONDÊNCIA    

Datas extremas: 1963-1966

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 4 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por correspondência remetida e recebida no âmbito da actividade da Junta de Acção Patriótica da FPLN em Argel.

 

Cx.6(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui 3 exemplares de cartas e um envelope: cópia de carta remetida ao General Humberto Delgado por grupo de militantes da JAPPA; cópia de carta enviada pelo General Humberto Delgado a Hélder Veiga Pires; convite a Hélder Veiga Pires para estar presente em homenagem à memória do General Humberto Delgado (com anexo de comunicado ao Povo Português elaborado pela Comissão Organizadora da Homenagem à Memória do General Humberto Delgado).

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação original. 

    F361/SC4/SSC5/SR2

        SR 3  RECORTES DE IMPRENSA    

Datas extremas: 1963-1979

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 1 documento distribuído por 2 pastas.

Assunto: série composta por recortes de imprensa nacionais reunidos por Hélder Veiga Pires enquanto membro da Junta de Acção Patriótica dos Portugueses em Argel, órgão local da FPLN.

 

Cx.6(2 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa relacionados com as seguintes temáticas: Jornadas Mundiais da Juventude, Conferência Europeia de Ajuda à Argélia, morte do General Humberto Delgado, PCP.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC4/SSC5/SR3

 

SSC6 LIGA DE UNIDADE DE ACÇÃO REVOLUCIONÁRIA

 

Datas extremas – 1967-1976

 

        SR 1  RECORTES DE IMPRENSA    

Datas extremas: 1967-1975

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 31 documentos distribuídos por 3 pastas.

Assunto: série composta por recortes de imprensa nacional e estrangeira relacionados com a actividade da Liga de Unidade de Acção Revolucionária, da qual Hélder Veiga Pires foi membro do Conselho Superior e Tesoureiro de 1967 a Abril de 1968.

 

Cx.6(3 pastas): O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa relacionados com as seguintes temáticas decorrentes da actividade da L.U.A.R: Operação “Mondego” na Figueira da Foz (prisão e extradição de Hermínio da Palma Inácio; extradição de M. Eduardo Pons de Cruzeiro, resultado das eleições legislativas em 1969; prisão de Luís Manuel Moita, M. Teotónio Pereira e M. Manuel Serra; testemunhos de ex-militantes da L.U.A.R. sobre a prisão em Salamanca (no pós 25 de Abril); Nota da D.D.S. acerca da actividade da L.U.A.R.; XI Congresso da Internacional Socialista; morte de M. Daniel de Sousa Teixeira; regresso de Adolfo Ayala do exílio.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC6/SR1

    SR 2  CORRESPONDÊNCIA    

Datas extremas: 1969-1974

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 3 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por correspondência relacionados com a actividade da Liga de Unidade de Acção Revolucionária, da qual Hélder Veiga Pires foi membro do Conselho Superior e Tesoureiro de 1967 a Abril de 1968.

 

Cx.6(1 pasta): O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência relacionada com as seguintes temáticas decorrentes da actividade da L.U.A.R:.prisão de Hermínio da Palma Inácio em Espanha e sua defesa; demissão de Mário de Brito A. Mateus da L.U.A.R. 

    Avaliação, Seleçcão e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC6/SR2

    SR 3  COMUNICADOS    

Datas extremas: 1973-197?

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 10 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por comunicados relacionados com a actividade da Liga de Unidade de Acção Revolucionária, da qual Hélder Veiga Pires membro do Conselho Superior e Tesoureiro de 1967 a Abril de 1968.

 

Cx.6(1 pasta): O conteúdo documental que integra a presente série inclui comunicados relacionados com as seguintes temáticas decorrentes da actividade da L.U.A.R:.prisão de Hermínio da Palma Inácio em Espanha e sua defesa; alertas da LUAR contra a repressão em Portugal levada a cabo pelo regime de Salazar; Operação “Diana” em Évora; “Operação Mondego” na Figueira da Foz e utilização dos fundos dela resultantes; apreciação da conjuntura relativa à substituição de Salazar. Comunicado do Comité de Défence des Victimes du Facisme Portugais.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC6/SR3

    SR 4  NOTAS MANUSCRITAS    

Datas extremas: 1968-1969

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 5 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por notas manuscritas relacionadas com a actividade da Liga de Unidade de Acção Revolucionária, da qual Hélder Veiga Pires membro do Conselho Superior e Tesoureiro de 1967 a Abril de 1968.

 

Cx.6(1 pasta): O conteúdo documental que integra a presente série inclui notas manuscritas relacionadas com as seguintes temáticas decorrentes da actividade da L.U.A.R: factos decorrentes da prisão de Hermínio da Palma Inácio; rota dos fundos da Operação “Mondego”; pedido de demissão de Hélder Veiga Pires da LUAR.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC6/SR4

    SR 5  DOCUMENTAÇÃO DIVERSA    

Datas extremas: 1967-1976

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 9 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por documentação que inclui várias tipologias documentais relacionada com a actividade da Liga de Unidade de Acção Revolucionária, da qual Hélder Veiga Pires foi membro do Conselho Superior e Tesoureiro de 1967 a Abril de 1968.

 

Cx.6(1 pasta): O conteúdo documental que integra a presente série inclui documentação variada relacionada com as seguintes temáticas decorrentes da actividade da L.U.A.R: detenção e interrogatório de Hermínio da Palma Inácio; prisão e libertação de Hermínio da Palma Inácio pelas autoridades francesas; Comité de Défence des Victimes du Facisme Portugais; operação “Mondego” na Figueira da Foz; exemplares da publicação periódica “Portugal Socialista” e “Opção sobre as eleições legislativas de 1976.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação original. 

F361/SC4/SSC6/SR5

 

SSC7 PARTIDO SOCIALISTA (FEDERAÇÃO DE FRANÇA)

 

Datas extremas – 1974-1986

 

        SR 1  RECORTES DE IMPRENSA    

Datas extremas: 1974-1976

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 5 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por recortes de imprensa reunidos por Hélder Veiga Pires (militante do P.S. e membro do Secretariado Coordenador das Federações do P.S. no estrangeiro) relacionados com o Partido Socialista (Federação de França). 

 

Cx.6(1 pasta): O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa com artigos da imprensa portuguesa e francesa seleccionados por Hélder Veiga Pires relacionados com as seguintes temáticas: papel das Federações do P.S. no estrangeiro; Conferência socialista em Paris (reunião dos dirigentes dos partidos socialistas do sul da Europa em 1976); 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC7/SR1

 

        SR 2  CORRESPONDÊNCIA    

Datas extremas: 1975-1986

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 6 documentos distribuídos por 1 pasta.

Assunto: série composta por correspondência reunida por Hélder Veiga Pires no âmbito do Partido Socialista - Federação de França (militante do P.S. e membro do Secretariado Coordenador das Federações do P.S. no estrangeiro). 

 

Cx.6(1 pasta): O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência reunida por Hélder Veiga Pires relacionados com as seguintes temáticas: unicidade sindical; 3º Congresso Nacional; Comissão Nacional de Conflitos (suspensões de João Pina, Alberto Teixeira Ribeiro e Sérgio Grácio; M.A.S.P. (Movimento Nacional de Apoio a Soares à Presidência). 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC7/SR2

        SR 3  DOCUMENTAÇÃO DIVERSA    

Datas extremas: 1974-1986

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 9 documentos distribuídos por 2 pastas e 1 envelope.

Assunto: série composta por documentação de tipologia variada reunida por Hélder Veiga Pires no âmbito do Partido Socialista - Federação de França, enquanto militante do P.S. e membro do Secretariado Coordenador das Federações do P.S. no estrangeiro). 

 

Cx.6(2 pastas e 1 envelope): O conteúdo documental que integra a presente série inclui documentação de tipologia variada reunida por Hélder Veiga Pires: cartões de aderente; 2 relatórios da autoria do Cônsul Júlio Vasconcellos de Carvalho enviados ao Ministro dos Negócios Estrangeiros; ata de reunião do Secretariado da Federação do P.S. Português em França; Listagens de indivíduos abrangidos pelo disposto no D.L. nº621-B/74 de 15 de Novembro (no qual é determinada a incapacidade eleitoral após o 25 de Abril); Conferência dos Partidos Socialistas da Europa do Sul.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC7/SR3

SSC8 DESERÇÃO/EXÍLIO

 

Datas extremas – 1961-1982

 

        SR 1 DOCUMENTAÇÃO DIVERSA    

Datas extremas: 1961-1982 

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 25 documentos distribuídos por 2 pastas.

Assunto: série composta por documentação de tipologia variada reunida por Hélder Veiga Pires, relacionada com a sua deserção primeiramente para Inglaterra (Londres), Argélia (Argel) e França (Paris). A criação da presente subsecção, que embora seja de cariz temático, revela-se de interesse considerando que se trata de uma linha de investigação de relevo no Centro.

 

Cx.6(2 pastas): O conteúdo documental que integra a presente série inclui documentação conservada por Hélder Veiga Pires resultante dos processos administrativos directamente relacionado com os variados períodos da sua deserção, abarcando ainda o período pós 25 de Abril em que apesar de já não ser considerado exílio, inclui documentação ainda assim relevante e que faz sentido manter na presente subsecção por estar relacionada com a regularização da sua situação militar nessa data. De entre a documentação encontram-se: passaportes; correspondência relacionada com a permissão de prolongamento da estadia em Londres; certificado de refugiado concedido pelas autoridades Argelinas; recortes de imprensa; passagem aérea; comunicação de despacho relativa à situação de oficiais ex-desertores 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC8/SR1

SSC9 DIVERSOS

 

Datas extremas – 1961-1981

 

        SR 1 CORRESPONDÊNCIA    

Datas extremas: 1961-1981

Dimensões: 1cx. nº7 contendo um total de 94 documentos distribuídos por 5 pastas.

Assunto: série composta por correspondência reunida por Hélder Veiga Pires, relacionada com a actividade política que desenvolveu ao longo da sua vida.

 

Cx.7(5 pastas): O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência de âmbito predominantemente político, recebida e conservada por Hélder Veiga Pires.

A correspondência que compõe a presente série inclui ainda, para além de conteúdo político, conteúdo de cariz privado/pessoal. Foi decidido, contudo, pela dominante de cariz político que nela se encontra, proceder à sua inclusão na secção - Actividade Política. 

A correspondência reflecte predominantemente assuntos relacionados com as dinâmicas que propiciaram a mudança de Hélder Veiga Pires de Londres para Argélia e a sua estadia em Argel, durante a qual esteve intrinsecamente ligado a organismos políticos de oposição activa ao regime de Salazar, tais FPLN, FAPPA, MAR, LUAR. De entre os remetentes/interlocutores, encontram-se nomes tais como: Pedro Martins, Carlos Plácido de Sousa, Álvaro Miranda, H. Jaeger, João Macondécua, Rui Pimentel, John Fidler, Artur Marinha de Campos, Maria Pia de Bragança, António José Dores, Alexandre Babo, Rui Cabeçadas, Fernando Loureiro, Hermano Neves, Fernando Borges de Oliveira, Fernando Piteira Santos, José Rodrigues, Hipólito dos Santos, Zulmiro de Almeida (médico desertor), Maria Lamas, Acácio Fidalgo de Matos, António de Figueiredo (representante do General Humberto Delgado em Londres e Jornalista da BBC); António Nogueira Santos, Carlos Lança, Manuel Sertório, Henrique Galvão, João Tito de Morais, Patrícia Macgowan Pinheiro (jornalista portuguesa que viveu exilada na Argélia entre 1961 e 1966, onde foi redactora do jornal argelino “Révolution Africaine” e primeira mulher de José Arnaldo Veiga Pires. 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização da presente série são reflectidos grupos de correspondência tal como vinham distribuídos originalmente por capas, com apontamentos manuscritos a enumerar alguns remetentes. Dentro de cada capa, a correspondência foi organizada cronologicamente. 

F361/SC4/SSC9/SR1

 

        SR 2 DOCUMENTAÇÃO DIVERSA    

Datas extremas: 1962-1977 

Dimensões: 1cx. nº6 contendo um total de 17 documentos distribuídos por 1 pastas.

Assunto: série composta por documentação de tipologia variada reunida por Hélder Veiga Pires, relacionada genericamente com a actividade política que desenvolveu.

 

Cx.6(1 pastas): O conteúdo documental que integra a presente série inclui documentação conservada por Hélder Veiga Pires, sendo esta composta por: recortes de imprensa relacionados com a sua prisão enquanto membro do MUD Juvenil e com a prisão de outras figuras, tais como João Makondekua e Geza Wittek; recorte de imprensa no qual é noticiada proposta da FPLN (levada a cabo por José Veiga Pires) à Organização da Unidade Africana para a libertação das colónias portuguesas; Propostas para a Criação de uma Comissão de Luta Contra a Guerra Colonial; publicações periódicas portuguesas do pós 25 de Abril.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

F361/SC4/SSC9/SR2

SC5 •  VIDA PRIVADA

 

    Inclui documentação de cariz pessoal e privado de Hélder Veiga Pires e outra, que pela data, indicia ter sido provavelmente reunida por Clarinda Veiga Pires.

 

 

Datas extremas 1923-2010

 

SSC1 HELDER ARMANDO DOS SANTOS RIBEIRO

 

Datas extremas – 1923-1985

 

        SR 1      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1931-1977

Dimensões: 1cx. nº7 contendo um total de 7 documentos

Assunto: série composta predominantemente por correspondência remetida pelo Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro e esposa ao sobrinho, Hélder Veiga Pires.

 

Cx.7(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência original remetida pelo Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro e esposa ao sobrinho, Hélder Veiga Pires. Faz igualmente parte da presente série uma fotocópia de carta enviada por Afonso Costa a Hélder Armando dos Santos Ribeiro (documento datado de 22 de Junho de 1931.

Hélder Armando dos Santos Ribeiro foi um oficial de Infantaria do Exército Português que se distinguiu no movimento revolucionário que levou à Proclamação da República Portuguesa. Foi posteriormente membro do Partido Republicano e de alguns Governos da I República até 1926, a partir de quando tomou parte activa em campanhas de oposição ao Estado Novo. Hélder Ribeiro morreu a 19 de Novembro de 1973 como Coronel, adjunto do General, Comandante do CEP (Corpo Expedicionário Português). Major Comandante do Batalhão de Infantaria nº23, foi Ministro da 1ª República, Deputado, Ministro de Guerra, Ministro da Instrução Pública, Ministro Interino dos Negócios Estrangeiros, tendo chegado a desfilar com homens do seu batalhão em Novembro de 1918 no Arco do Triunfo. Foi expulso do exército sem soldo, preso e deportado para Timor de 1931 a 1933. Esteve ainda preso na Fragata D. Fernando. Residiu em Cabo Verde. Teve várias condecorações portuguesas e estrangeiras.

Afonso Costa foi dirigente do Partido Republicano e membro do Governo da I República. Exilou-se em Paris a partir de 1926, onde tentou organizar a oposição, sem sucesso.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC1/SR1

        SR 2      RECORTES DE IMPRENSA

Datas extremas: 1967-1985

Dimensões: 1cx. nº7 contendo um total de 5 documentos

Assunto: série composta por recortes de imprensa relacionados com o Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro, tio de Hélder Veiga Pires.

 

Cx.7(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa relacionados com o Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro, tio de Hélder Veiga Pires, nomeadamente com a petição de 1967 de que foi assinante para abolição da censura de imprensa. Os restantes documentos são exemplares vários de notícias da sua morte.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC1/SR2

        SR 3      FOTOGRAFIAS

Datas extremas: 1937-1971

Dimensões: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

Assunto: série composta por fotografias do Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro.

 

O conteúdo documental que integra a presente série inclui fotografias do Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro, tio de Hélder Veiga Pires e figura marcante do republicanismo português. 

.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

    F361/SC5/SSC1/SR3

        SR 4      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1923-s.d.

Dimensões: 1cx. nº7 contendo um total de 4 documentos

Assunto: série composta por documentação variada relacionada com a vida do Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro, tio de Hélder Veiga Pires.

 

Cx.7(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui tipologias documentais variadas, nomeadamente cartões de boas festas, programas de homenagem, o que aparente ser provavelmente página manuscrita do seu testamento, e informação sobre edição de publicação de notas autobiográficas e correspondência sobre o Coronel Hélder Armando dos Santos Ribeiro, tio de Hélder Veiga Pires. 

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica.

    F361/SC5/SSC1/SR4

 

SSC2 ARNALDO VEIGA PIRES

 

Datas extremas – 1953-1975

 

        SR 1      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1953-1975

Dimensões: 1cx. nº7 contendo um total de 111 documentos.

Assunto: série composta predominantemente por correspondência remetida por Arnaldo Veiga Pires e esposa ao filho, Hélder Veiga Pires.

 

Cx.7(4 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência original remetida por Arnaldo Veiga Pires e em certos casos, pela esposa. A grande maioria da correspondência tem como destinatário o filho, Hélder Veiga Pires durante o período deste no exílio. 

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC2/SR1

        SR 2      ARTIGOS CIENTÍFICOS

Datas extremas: 1960-1971

Dimensões: 1cx. nº7 contendo um total de 10 documentos.

Assunto: série composta predominantemente por artigos científicas da autoria de Arnaldo Veiga Pires.

 

Cx.7(X pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui artigos científicas da autoria de Arnaldo Veiga Pires. Tratam-se separatas da publicação periódica “O Médico”. Os artigos versam sobre temáticas, tais como geriatria hospitalar, política da saúde e saúde pública.

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC2/SR2

        SR 3      RECORTES DE IMPRENSA

Datas extremas: 1961-1982

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 34 documentos.

Assunto: série composta por recortes de imprensa relacionados com a vida e obra de Arnaldo Veiga Pires.

 

Cx.8(X pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui recortes de imprensa relacionados com a vida e obra de Arnaldo Veiga Pires, nomeadamente com a sua prisão pela PIDE em 1961, crónicas que escreveu na publicação periódica “República, tomadas de posição e alertas sobre a saúde pública

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC2/SR3

 

        SR 4      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1950-1971

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 5 documentos.

Assunto: série composta por documentação variada relacionada com a vida e obra de Arnaldo Veiga Pires.

 

Cx.8(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui documentação de tipologia variada relacionada com a vida e obra de Arnaldo Veiga Pires. A série é composta por: bilhetes de assinatura dos transportes rodoviários do Porto (com fotografia do próprio); exemplar da Seara Nova de 1967 (nº 1458); Resenha da Actividade Cultural da S.C.A.R.L, com conferência da sua autoria e dedicatória ao filho, Hélder Veiga Pires; texto póstumo de homenagem a Arnaldo Veiga Pires; CV de Arnaldo Veiga Pires 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC2/SR4

 

SSC3 JOSÉ ARNALDO VEIGA PIRES

 

Datas extremas – 1954-1978

 

        SR 1      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1954-1976

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 39 documentos.

Assunto: série composta por correspondência remetida por José Arnaldo Veiga Pires (médico radiologista) ao irmão, Hélder Veiga Pires. É ainda parte integrante da presente série alguma correspondência recebida por José Veiga Pires de vários remetentes.

 

Cx.8(2 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui correspondência original remetida e recebida por José Veiga Pires durante o período de deserção e exílio político do irmão, Hélder. Parte da correspondência retrata a conjuntura que propiciou a partida de Hélder Veiga Pires para Londres, onde José Arnaldo já se encontrava e onde lhe prestou auxílio na regularização da sua condição de imigrante. E outra parte retrata o contacto que ambos mantiveram após a partida de Hélder para a Argélia e mais tarde para França. José Arnaldo Veiga Pires esteve ainda no Nairobi (Quénia) onde treinou os serviços de saúde locais e mais tarde na Nigéria (Lagos). José A. Veiga Pires pertenceu ao Grupo de Portugueses Democratas em Inglaterra (GPDI), entre os finais de 1959 e o início do ano seguinte, a quem se juntou, entre outras figuras, Hélder Veiga Pires, antes de partir para a Argélia. 

A presente série, para além de conteúdo de cariz privado/pessoal, inclui também conteúdo de teor político. A sua inclusão na secção “Vida Privada” deve-se ao conteúdo pessoal que predomina sobre o conteúdo político. 

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC3/SR1

 

        SR 2      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1961-1978

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 5 documentos.

Assunto: série composta predominantemente por documentação vária relacionada com José Arnaldo Veiga Pires (médico radiologista), irmão de Hélder Veiga Pires. 

 

Cx.8(1 pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui 5 documentos de tipologia variada relacionados com José Arnaldo Veiga Pires, entre os quais se incluem: três recortes de imprensa onde é citado e dois artigos científicos da sua autoria;

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC3/SR2

 

SSC4 CLARINDA VEIGA PIRES

 

Datas extremas – 1958-2010

 

        SR 1      DOCUMENTAÇÃO HUMBERTO DELGADO

Datas extremas: 1958-2005

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 36 documentos.

Assunto: série composta por documentação diversa reunida e/ou produzida no âmbito da actividade de Clarinda Veiga Pires, enquanto Vice-Presidente da Fundação Humberto Delgado.

 

Cx.8(4 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série inclui documentação de tipologia variada, da qual fazem parte panfletos, desdobráveis, recortes de imprensa, monografia, e um conjunto de resumos de Comunicações do Colóquio Internacional Humberto Delgado – 30 Anos da sua morte do Instituto de História Contemporânea decorrido entre 10 e 11 de Fevereiro de 1995. Todos os documentos são produzidos/reunidos no contexto da actividade da Fundação Humberto Delgado. Parte do material resulta da organização de colóquios e outros eventos de cariz comemorativo.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi mantida a ordenação original. 

    F361/SC5/SSC4/SR1

 

        SR 2      RECORTES DE IMPRENSA

Datas extremas: 1996-2000

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 10 documentos.

Assunto: série composta por recortes de imprensa reunidos por Clarinda Veiga Pires.

 

Cx.8(2 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por recortes de imprensa reunidos por Clarinda Veiga Pires, relacionados com as seguintes temáticas: LUAR; Emídio Guerreiro; Hermínio da Palma Inácio;  General Humberto Delgado; comemorações do 25 de Abril; 

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC4/SR2

 

        SR 3      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1963-2010

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 10 documentos.

Assunto: série composta por documentação variada reunida por Clarinda Veiga Pires.

 

Cx.8(2 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por documentação de tipologia variada reunida por Clarinda Veiga Pires e relacionada com as seguintes temáticas: vida pessoal (documentos pessoais – passaportes e outra documentação); LUAR; Emídio Guerreiro, entre outras.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC4/SR3

 

 

SSC5 ASSUNTOS PESSOAIS

 

Datas extremas – 1938-1977

 

        SR 1      CORRESPONDÊNCIA

Datas extremas: 1960-1976

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 17 documentos.

Assunto: série composta por correspondência remetida a Hélder Veiga Pires predominantemente por familiares. 

 

Cx.8(1pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por correspondência remetida por Maria Júlia Machado Ferreira Veiga Pires (mãe de Hélder Veiga Pires), Henriqueta (avó) e pelo advogado José Queirós. Os documentos encontravam-se originariamente numa pasta intitulada “Correspondência de Família” e assim foram mantidos.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC5/SR1

        SR 2      RECORTES DE IMPRENSA

Datas extremas: 1938-1979

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 3 documentos.

Assunto: série composta por recortes de imprensa reunidos por Hélder Veiga Pires.

 

Cx.8(1pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por recortes de imprensa reunidos por Hélder Veiga Pires sobre os obituários do avô, Coronel José Maria Alves Ferreira e de sua tia Emília de Oliveira da Silva Ferreira. É ainda parte integrante desta série um recorte de imprensa em que Clarinda Veiga Pires aparece em notícia do jornal “The Guardian”.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi adoptada ordenação cronológica. 

    F361/SC5/SSC5/SR2

        SR 3      NEGATIVOS, FOTOGRAFIAS E OUTRA ICONOGRAFIA

Datas extremas: s.d.-s.d.

Dimensões: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

Assunto: série composta por negativos, fotografias e outro material iconográfico.

 

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por negativos e fotografias de família. A série integra ainda outro material iconográfico residual.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

    F361/SC5/SSC5/SR3

        SR 4      FILMES DE FAMÍLIA

Datas extremas: s.d.-s.d.

Dimensões: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

Assunto: série composta por 3 DVD com filmes de família.

 

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por filmes de família. Após o seu visionamento verificou-se serem provavelmente das décadas de 60/70, períodos do exílio político de Hélder Veiga Pires nos períodos de Argélia e Paris. O DVD nº1 contém momentos passados durante o exílio político na Argélia.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: os documentos originais são catalogados e arrumados topograficamente de acordo com as regras estipuladas na Divisão de Iconografia do CD25A.

    F361/SC5/SSC5/SR4

        SR 5      DOCUMENTAÇÃO CLÍNICA

Datas extremas: 1962 - 1971

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 17 documentos.

Assunto: série composta por documentação clínica de Hélder Veiga Pires.

 

Cx.8(1pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por tipologias documentais variadas, na sua maioria exames clínicos de Hélder Veiga Pires.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi mantida a ordem original do doador. 

    F361/SC5/SSC5/SR5

        SR 6      DOCUMENTAÇÃO DIVERSA

Datas extremas: 1960 - 1976

Dimensões: 1cx. nº8 contendo um total de 6 documentos.

Assunto: série composta por documentação diversa de Hélder Veiga Pires.

 

Cx.8(1pasta):

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por tipologias documentais variadas pertencentes a Hélder Veiga Pires, nomeadamente, carta de condução, agenda pessoal com breves descrições manuscritas do período de deserção em Londres no ano de 1961 e documentação relacionada com o registo de nascimento do filho, Ricardo.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi mantida a ordem original do doador. 

    F361/SC5/SSC5/SR6

        SR 7      CONTABILIDADE E GESTÃO

Datas extremas: 1967 – 1977  

Dimensões: 1cx. nº9 contendo um total de 32 documentos.

Assunto: série composta por documentação contabilística e resultante da gestão familiar de Hélder Veiga Pires e Clarinda Veiga Pires.

 

Cx.9(5 pastas):

O conteúdo documental que integra a presente série é composto por tipologias documentais variadas resultantes da gestão contabilística familiar de Hélder e Clarinda Veiga Pires. A série inclui ainda alguma documentação de cariz contratual relativa às actividades laborais que ambos desenvolveram nas décadas de 60 e 70.

 

    Avaliação, Selecção e Eliminação: Não foi necessário proceder a qualquer eliminação de documentos. 

    Organização: Na organização dos documentos foi mantida a ordem original do doador. F361/SC5/SSC5/SR7

 

 

 

Topo da página
Centro de Documentação 25 de Abril © 2017
Suporte: ucd25a@ci.uc.pt ; Sugestões: Formulário
www.cd25a.uc.pt
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional