• Sugestões de Melhoria e Reclamações

    Na Universidade de Coimbra, a sua opinião conta.

    Por isso criámos o Sistema Integrado de Melhorias: um canal aberto para a apresentação de sugestões de melhoria ou reclamações, possibilitando assim que o possamos servir cada vez melhor.

    Para manifestar a sua opinião específica sobre a página web UC.PT, clique aqui.

    Obrigada.
    Universidade de Coimbra

    Imagem de teste reCAPTCHA
    Captcha incorrecto.
    Escreva as palavras acima: Escreva os números que ouve:

Par o esclarecimento da data da primeira reunião do Mov. dos Capitães - Carlos Matos Gomes

 

Post originalmente publicado  por Carlos Matos Gomes no FB,  a propósito da seguinte  notícia de 2013 lida no site da RTP:

 

"Primeira reunião do movimento dos capitães de abril decorreu há 40 anos
A 9 de setembro de 1973, há precisamente 40 anos, decorreu a primeira reunião que juntou os
capitães de abril. A coragem, a indignação e a ...
rtp.pt
https://www.rtp.pt/noticias/pais/primeira-­‐reuniao-­‐do-­‐movimento-­‐dos-­‐
capitaes-­‐de-­‐abril-­‐decorreu-­‐ha-­‐40-­‐anos_a679287"

 

Sábado, 8 de Setembro de 2017 - 17 h

É historicamente falso! A primeira reunião do movimento de capitães - que viria a transformar-se em Movimento das Forças Armadas e a dar origem ao golpe de Estado de 25 de Abril, ao fim da guerra colonial e à independência das colónias realizou-se no dia 18 de agosto de 1973 na messe de oficiais de Bissau, na Guiné. Esta reunião foi convocada para contestar o DL 353/73 e no final foi nomeada uma comissão constituída uma comissão com os capitães Almeida Coimbra, Branco e Matos Gomes que elaborou uma carta dirigida ao presidente da República, ministros da Defesa e
do Exército, Chefes de Estado Maior e Ministro da Educação a contestar um Decreto do Governo.
Esta carta foi assinada por cerca de 80 militares e constituiu a primeira manifestação de indisciplina coletiva com que o regime se confrontou e foi essa manifestação que desencadeou o apoio de militares em serviço noutros teatros de operações e dos oficiais na Metrópole. Entre os militares que assinaram esta ação de indisciplina coletiva, conscientemente tomada, encontravam-se Otelo Saraiva de Carvalho, Fernando Salgueiro Maia...

(...)

Topo da página
Centro de Documentação 25 de Abril © 2017
Suporte: ucd25a@ci.uc.pt ; Sugestões: Formulário
www.cd25a.uc.pt
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional